Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 19 de outubro de 2016

    ‘Cozinha Experimental’ ensina receitas para diabéticos

    O programa é desenvolvido pela Caixa dos Servidores e tem o objetivo de despertar o interesse por uma alimentação saudável, gerando assim, maior qualidade de vida.

    Divulgação

    O programa de prevenção “Cozinha Experimental” realizou na noite da última terça-feira (18), um curso destinado a diabéticos onde foram ensinadas receitas com baixos índices glicêmicos. O programa é desenvolvido pela Caixa dos Servidores e tem o objetivo de despertar o interesse por uma alimentação saudável, gerando assim, maior qualidade de vida. A “Cozinha Experimental” acontece duas vezes por mês, no Centro de Prevenção em Saúde da Cassems, que fica na Rua Abrão Júlio Rahe, 97, às 18h30. Para se inscrever, o beneficiário deve ligar no (67) 3382-8584. O valor da inscrição é de R$ 30,00.

    De acordo com a nutricionista e coordenadora da “Cozinha Experimental”, Melissa Cappi, o grande erro dos diabéticos é achar que eliminando apenas o carboidrato, a sua alimentação está correta. “Quando a pessoa descobre que tem diabetes, ela geralmente acha que tirando o carboidrato vai estar se alimentando bem, mas não é só isso. A gente tem que diminuir o índice glicêmico, mas não eliminar totalmente o carboidrato, porque ele tem a função de fornecer energia e não pode ser eliminado e sim diminuir o consumo”, explica a nutricionista.

    Melissa explica ainda que a alimentação do diabético deve ser nutritiva, mas também pode ser saborosa. “Neste curso, eu procurei pratos com índices glicêmicos mais baixos, então fiz uma lasanha com massa integral e com creme de espinafre, também vou ensinar um arroz integral com ervilha fresca, cenoura e mandioquinha, um macarrão integral com rúcula e tomate seco, e uma salada com frango grelhado e uma abobrinha recheada com frango desfiado. Um dos nossos objetivos é deixar a dieta do diabético nutritiva, mas também saborosa”, conta.

    A beneficiária Lizete Meneguel veio ao curso pela primeira vez e pretende colocar em prática tudo que aprendeu. “Eu vim porque eu sei cozinhar muito pouco, porque ao vir aqui, eu vou aprender a cozinhar corretamente. Eu quero aprender a cozinhar para trazer saúde para toda a família. Eu gostei muito, achei maravilhoso e vou colocar em prática tudo que eu aprendi”, afirma Lizete.



    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS