Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 14 de setembro de 2016

    Tatuagens entregam e autor de estupro contra criança de 10 anos é preso

    Teria abusado de outras crianças

    Lauro foi preso - Foto: Maracaju Na Hora

    Na terça-feira (13), Lauro dos Santos Duarte, de 33 anos, foi preso em Maracaju, cidade a 162 quilômetros de Campo Grande por estupro de vulnerável. Ele é acusado pela polícia de estuprar uma menina de 10 anos e tentar cometer o mesmo crime contra outras crianças.

    Equipes do SIG (Setor de Investigações Gerais) fizeram a prisão de Lauro, que conforme o site Maracaju Na Hora, estuprou a criança de 10 anos e ainda tentou abusar de outra vítima no dia 16 de junho, no Bairro Fortaleza. No dia 30 de agosto, ele teria tentado abusar de uma criança de 12 anos, no Bairro BNH.
    Tatuagens ajudaram vítimas a reconhecer o homem - Foto: Maracaju Na Hora

    Durante as investigações, os policiais civis conseguiram informações que levaram até Lauro e, através de fotografias, ele foi reconhecido. As tatuagens ajudaram as crianças a reconhecerem o homem, então por meio do delegado foi decretada a prisão de Lauro. O mandado foi expedido pela 1ª Vara da Comarca de Maracaju e cumprida na terça-feira.

    Após a prisão de Lauro, outra vítima o reconheceu na delegacia, também por tentativa de estupro ocorrida no dia 16 de junho, no Bairro Olídia Rocha. Segundo as vítimas, ele aproveitava quando os pais saíam e deixavam as crianças sozinhas e entrava nas casas, dizendo que faria algum serviço de conserto na residência.

    Já na casa, ele abusava das crianças. Lauro também encontrava crianças na rua e as chamava para ver cachorros dentro de imóveis e construções e abusava das vítimas. As fotos de Lauro foram divulgadas para que, se alguma vítima o reconhecer, procurar a Delegacia de Polícia Civil de Maracaju ou ligar para (67) 3454-1972.




    Fonte: Midiamax
    Por: Renata Portela
    Link original: http://www.midiamax.com.br/policia/tatuagens-entregam-autor-contra-crianca-10-anos-preso-315440

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS