Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 15 de julho de 2016

    Senador Pedro Chaves alerta sobre o não cumprimento das metas do PNE

    Das 21 metas estabelecidas para serem atingidas até 2024, apenas uma foi alcançada

    Senador Pedro Chaves - Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

    Em discurso no Plenário na tarde da última quarta-feira (13), o senador Pedro Chaves (PSC-MS) chamou a atenção para o Plano Nacional de Educação, sancionado em 2014, com o objetivo de melhorar os índices educacionais do País. Até o momento das 21 metas estabelecidas para serem atingidas até 2024, apenas uma foi alcançada.

    Para o senador esse importante instrumento de gestão corre o risco de sair de vigência sem que o país alcance todas as metas. Ele ressaltou que, segundo o movimento Todos Pela Educação (TPE), apenas a implementação de um fórum permanente de acompanhamento do valor do piso salarial dos professores foi cumprida.

    O senador Pedro Chaves criticou o fato de que os governos federal, estaduais e municipais não tenham regulamentado o Sistema Nacional de Educação para garantir a articulação entre todas as esferas do ensino. O senador ainda ressalta que, se não houver uma mudança radical na forma de administrar a Educação, o Brasil continuará a registrar posições vergonhosas em comparações internacionais.

    Ele enfatizou que a educação indiscutivelmente é fator de desenvolvimento econômico e apenas com investimentos adequados e uma boa gestão da educação será possível o Brasil atingir a posição que merece. “Cada estatística representa a vida de milhões de brasileiros e brasileiras que precisam da educação para ter alguma chance de competir no mercado de trabalho. Representa a esperança de melhoria na qualidade de vida das próximas gerações” concluiu o senador.



    Fonte: ASSECOM
    Por: Silvia Barros

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS