Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 27 de julho de 2016

    Pedido de Felipe, começa a obra de duplicação da saída para Rochedo

    Foto: João Prestes

    O governador Reinaldo Azambuja assinou, na manhã desta quarta-feira (27), a ordem de serviço para início imediato das obras de duplicação da Avenida Euler de Azevedo, na saída para Rochedo. Reivindicação antiga do deputado estadual Felipe Orro (PSDB), que desde 2014 tem reiterado pedidos nesse sentido, a obra vai custar R$ 14,7 milhões e se estende por um trecho de 4,5 quilômetros, conforme explicou o secretário de Infraestrutura do Estado, Ednei Marcelo Miglioli.
    Foto: João Prestes

    “Essa obra é necessária porque o fluxo de veículos na região aumentou muito desde o início do funcionamento do campus da UEMS. Já era complicado o trânsito ali, devido ao Detran, os bairros da vizinhança e os motoristas que seguem ou retornam das cidades de Rochedo, Corguinho e Rio Negro. Agora, então, complicou ainda mais. Temos feito vários pedidos para que o governo execute a duplicação, isso desde 2013, e agora o governador Reinaldo Azambuja determinou o início das obras”, comemorou Felipe Orro.
    Reprodução

    A duplicação da Euler de Azevedo naquele trecho de 4,5 quilômetros compreende a implantação de ciclovias, iluminação, sinalização e paisagismo. As obras se dividem em duas frentes: desde o entroncamento com a Avenida Presidente Vargas e por 2,5 quilômetros, trecho dentro do perímetro urbano, será executada por uma empreiteira. Os outros 2 quilômetros já na zona rural do município, até ligar com o anel viário e início da MS-080, estão a cargo de outra empreiteira.

    O governador Reinaldo Azambuja disse que a demora para início das obras se deu por dificuldade na tratativa com a Prefeitura para firmar convênio nesse sentido e também devido ao necessário licenciamento ambiental e todos os estudos exigidos. Ele espera que a obra seja entregue no prazo estabelecido de um ano. 



    Fonte: ASSECOM
    Por: João Prestes

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS