Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 18 de julho de 2016

    Mesmo com futuro indefinido, PMDB quer aumentar bancada na Câmara

    O deputado estadual Júnior Mochi, presidente estadual do PMDB. (Foto: Divulgação)

    O PMDB, ao menos em Campo Grande, parece caminhar em direção incerta. Sem um nome para emplacar como candidato à sucessão de Alcides Bernal (PP), o partido que reinou por quase 20 anos à frente do Executivo Municipal briga, agora, para se manter vivo, ao menos no parlamento. Detentor da segunda maior bancada na Câmara - quatro vereadores – a sigla quer ampliar sua representativa e traça planos para isso, mesmo com futuro incerto.

    Segundo o presidente regional do PMDB, deputado estadual Júnior Mochi, o partido deve lançar ao menos 33 candidatos a vereador. Destes, a sigla pretende emplacar pelo menos cinco ou seis.

    O dever de casa seria, contudo, reeleger os atuais representantes da sigla na Casa de Leis. Atualmente, o partido conta com quatro vereadores: Carla Stephanini, Vanderlei Cabeludo, Paulo Siufi e Mario César, que já anunciou que não irá concorrer a reeleição. A bancada do PMDB perde em representativa somente para o PSDB e para o PTB, ambos com cinco parlamentares cada.

    Uma alternativa para que a conta possa fechar é lançar chapa proporcional para Câmara e seguir sozinho, sem ter e nem apoiar nenhum candidato. A probabilidade de isso acontecer começa a tomar forma e, inclusive é apresentada como caminho pelo ex-governador André Puccinelli, uma das principais lideranças do partido.

    O que foi reiterado por ele durante reunião da executiva do partido na tarde desta segunda-feira (18) que, caso haja candidatura próprio.

    Entretanto, o PMDB decidiu criar uma comissão que irá discutir a possibilidade de coligação com partidos que possuem candidatos 'consolidados', a exemplo do PSDB (Rose Modesto), PSD (Marcos Trad) e PDT (Dagoberto Nogueira).



    Fonte: campograndenews
    Por: Michel Faustino
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/politica/mesmo-com-futuro-indefinido-pmdb-quer-aumentar-bancada-na-camara

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS