Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/02/2019

    Paulo Corrêa é eleito presidente e Zé Teixeira vence disputa pela 1ª secretaria

    Com voto aberto, a eleição foi realizada nesta sexta-feira, data da posse dos 24 parlamentares

    Paulo Corrêa foi eleito presidente da Assembleia Legislativa ©Henrique Kawaminami
    O deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa. A eleição, com voto aberto, foi realizada nesta sexta-feira, data da posse dos 24 parlamentares. A composição da nova Mesa Diretora, com sete cargos, começou a ser desenhada ainda no ano passado, mostrando a força da articulação política de Corrêa.

    Até hoje, a Casa de Leis foi presidida por Junior Mochi (MDB), que não disputou a reeleição para deputado federal. Paulo Corrêa foi eleito com 23 votos. A votação para presidente teve uma abstenção. O deputado Onevan de Matos (PSDB), que chegou a ensaiar candidatura para presidente, preferiu não votar nesta sexta-feira.

    Na Mesa Diretora, outro cargo bastante cobiçado é o de primeiro-secretário, responsável pelas finanças do Poder Legislativo. O placar foi de 21 votos para que Zé Teixeira (DEM) permaneça no posto. Mais votado na eleição de outubro, o capitão Renan Contar (PSL) ficou com três votos: o próprio, do coronel Carlos Alberto David dos Santos (PSL) e de João Henrique Catan (PR).

    Coronel David declarou que seu voto em Contar foi decorrente de imposição estatuária do partido, ambos os parlamentares são do PSL.

    A primeira vice-presidência ficou com Eduardo Rocha (MDB). Neno Razuk (PTB) foi eleito segundo vice-presidente, enquanto a terceira vice-presidência foi para Antônio Vaz (PRB). O deputado Herculano Borges (SD) assume a segunda secretaria e Pedro Kemp (PT), será o terceiro secretário.

    Herculano, Neno e Vaz fazem parte do G-10, grupo criado por deputados, em sua maioria novato, que buscavam espaço na Mesa Diretora.

    Fonte: campograndenews
    Por: Aline dos Santos e Leonardo Rocha



    Imprimir