Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    14/01/2019

    Mulher que matou marido 'sem querer' paga fiança e responde inquérito em liberdade

    O delegado arbitrou fiança de R$ 499 para a suspeita, que responde o inquérito em liberdade


    ©Arquivo pessoal/Facebook
    Mayara Fernanda Gomes Paiva, 30 anos, presa em flagrante após atirar acidentalmente no marido, o piloto Dairton Fernando Schuh, 34 anos, pagou fiança de R$ 499 e foi liberada horas após o acidente ocorrido na garagem da casa da família, no bairro Parque Residencial Rita Vieira, em Campo Grande.

    Ao ser conduzida para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, a mulher afirmou ao delegado que atirou sem querer no marido. Ela disse que Dairton a pediu para retirar a arma do veículo, que estava na garagem. Ao pegar o objeto, o revólver calibre 38 acionou o gatilho e um disparo acertou Dairton no abdômen, diz Mayara.

    O piloto foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande em estado grave, mas não resistiu ao ferimento e morreu por volta das 2h30 de ontem (13).

    De acordo com a assessoria do Fórum Heitor Medeiros da Comarca de Campo Grande, o Juiz Mario José Esbalqueiro Júnior tomou ciência do caso e homologou a decisão de arbitramento de fiança indicada pelo delegado Lucas Soares de Caíres. Diante disso, a suspeita responde ao inquérito em liberdade.

    Despedida do piloto

    Através das redes sociais, amigos e familiares postam as últimas homenagens ao rapaz, que era piloto de avião. ''Te amo para a eternidade, meu anjo'', escreveu a mãe de Dairton.

    Como a maioria dos familiares do piloto reside em Marechal Rondo/PR, o corpo será velado e sepultado no município paranaense.

    Fonte: TopMidiaNews
    Por: Dany Nascimento



    Imprimir