Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    20/01/2019

    Janaína Paschoal defende quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro

    Deputada eleita acredita que 'precisamos dar o benefício da dúvida e aguardar os esclarecimentos'

    ©Marcelo Camargo/Agência Brasil
    A deputada eleita Janaína Paschoal (PSL-SP), apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e cotada para o cargo de vice na chapa com o militar durante campanha eleitoral, defendeu a quebra do sigilo na investigação de movimentações bancárias atípicas do e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

    “Não temos acesso à íntegra das investigações, seja com relação ao deputado/senador Flávio, seja com relação aos demais deputados estaduais do Rio. Defendo que seja derrubado sigilo, para que possamos compreender a totalidade”, disse Janaina ao blog do Paulo Sampaio, do 'Universa'.

    Eleita com a bandeira do combate à corrupção, a parlamentar atribuía os escândalos ao PT e defendia a eleição de Bolsonaro como forma de acabar com a impunidade.

    “Com relação aos depósitos noticiados ontem (na sexta-feira, 18), precisamos dar o benefício da dúvida e aguardar os esclarecimentos”, disse. “Quero crer que virão”, completou.

    NAOM



    Imprimir