Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    22/01/2019

    Bolsonaro cogita aumentar pontuação máxima da CNH para 40, diz TV

    Quando era deputado, o presidente chegou a apresentar proposta de lei sugerindo a mudança

    ©Isac Nóbrega/PR
    O presidente Jair Bolsonaro cogita aumentar a pontuação para perda da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de 20 para 40. Segundo divulgado pelo 'Jornal da Band', o assunto teria sido discutido com o governador de São Paulo, João Doria.

    Quando era deputado federal, em 2011, o presidente chegou a apresentar a proposta de lei (PL 67/2011), em que os direitos de dirigir seriam suspensos dos motoristas que atingissem 40 pontos na carteira no prazo de 12 meses. Atualmente, são 20 pontos no mesmo período.

    Na época, Bolsonaro argumentou que as multas eram um “grande negócio lucrativo” e que era “quase impossível recorrer”. Ainda de acordo com o então deputado, como “o que vale é arrecadar", "poderia-se aumentar o número de pontos a ser atingido para suspender o direito de conduzir, uma vez que a vítima depende de sua habilitação para trabalhar, transportar familiares, lazer e outras atividades".

    De acordo com o 'Extra', mais de 135 mil motoristas do Estado do Rio tiveram um processo instaurado no órgão por passarem de 20 pontos na carteira nos últimos três anos. Eles seriam beneficiados.

    O presidente ainda não falou sobre o tema. Ele postou na sua conta no Twitter em dezembro do ano passado que queria ampliar a validade da CNH para dez anos (hoje, são cinco).

    NAOM



    Imprimir