Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/12/2018

    Senar/MS entrega 2 mil certificados de 168 cursos em Três Lagoas

    Além dos certificados, alunos e professoras de 11 escolas do município receberam a premiação do programa Agrinho

    ©DIVULGAÇÃO
    Fechando a programação de 2018 em relação à entrega de certificados, o Senar/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e o Sindicato Rural de Três Lagoas concluíram o ciclo de 168 cursos com 2.184 alunos entre janeiro e novembro de 2018.

    Durante a cerimônia, realiza a analista educacional do Senar/MS, Maria Claro Penteado, agradeceu a parceria com a Casa Rural do município, localizado a 338 quilômetros de Campo Grande. “Quero agradecer a parceria e apoio do sindicato que possibilitou a realização dos eventos voltados para o desenvolvimento do homem e da mulher do campo”, afirmou.

    O presidente do sindicato, Ivan Carrato Júnior, ressaltou os números conquistados pela parceria com o Senar/MS. “É um prazer muito grande ver essa casa lotada. Isso é muito gratificante. Junto com essas mais de duas mil pessoas capacitadas, temos também o Agrinho, em que Três Lagoas, que está no segundo ano de participação, com 11 escolas. A iniciativa faz com que essas crianças conheçam a produção rural, tenham mais afinidade do que é a produção e o produtor rural”, detalhou.

    Transformando Vidas – Entre os alunos concluintes está o fotógrafo, José Joacir Araújo Barreto, de 53 anos, que mora em um sítio e já pensa em trabalhar na propriedade no futuro. “Fiz curso de apicultura e o Negócio Certo Rural. Cursos e professores fantásticos. Moro em um sítio, estou aproveitando e abrindo o leque. Mais para frente estou preparado e especializado para fazer a coisa certa. Saio daqui com outra visão”, comemora.

    Já Elizangela de Souza Silva, de 33 anos, comenta que está desempregada e aproveitou a oportunidade para se especializar e melhorar o currículo. “Fiz curso de informática básica, informática avançada e NR-35. Hoje em dia tudo se baseia no mundo digital. Não conhecia os cursos do Senar, mas amigos me indicaram. Já quero ingressar minha filha no ano que vem”, disse.

    Além da certificação dos alunos do Senar/MS, os alunos e professoras de 11 escolas do município receberam a premiação do programa Agrinho deste ano. Foram cinco colégios municipais e seis estaduais em que alunos tiveram o ensino rural em sala de aula.

    Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul
    Por: Leandro Abreu



    Imprimir