Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    25/12/2018

    Mulher é encontrada morta em casa com sinal de esganadura

    Casa foi registrado na manhã deste domingo (25), na Rua Timbaúva, na Vila Moreninha II, bairro que fica na saída para São Paulo

    Policiais e bombeiros isolaram a área até a chegada da Polícia Civil e perícia ©Marina Pacheco
    A dona de casa Alzair Bernardo Lopes, 59 anos, foi encontrada morta com sinais de esganadura, na manhã deste domingo (25), na Rua Timbauva, na Vila Moreninha II, bairro que fica na saída para São Paulo, em Campo Grande.

    O filho dela, Jurcilei Lopes Pereira, contou que passou o Natal com a mãe na casa de um familiar e por volta das 23h30 a deixou em casa e foi embora. Hoje de manhã, por volta das 6h30, o irmão dele que estava trabalhando de vigia noturno chegou e encontrou Alzair caída no chão do quarto.

    O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas nada pôde fazer. Segundo informação preliminar dos militares à família, a vítima foi morta por esganadura. Ainda conforme Jurcilei, não há sinais de arrombamento e aparentemente nada foi levado.

    No entanto, ele encontrou um pé chinelo em um dos cômodos do imóvel e sangue no portão da casa ao lado, indícios que leva a crer que suspeito tenha pulado o muro para fugir. A Polícia Civil e a perícia técnica foi acionada para fazer os primeiros levantamentos do local. O caso será registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. 
    Mancha de sangue no portão ©Marina Pacheco

    Fonte: campograndenews
    Por: Viviane Oliveira e Bruna Pasche



    Imprimir