Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    07/12/2018

    Motorista de 35 anos bate em carreta parada na BR-267 e morre

    Caminhoneiro disse que veículo estava sinalizado e os sistemas de freios travaram, por isso, não conseguiu parar totalmente no acostamento 

    Suspeita é de que o condutor do Ford Ka estava em alta velocidade e não percebeu a carreta parada ©Tiago Apolinário
    Uma colisão entre um Ford Ka e uma carreta na madrugada desta sexta-feira (7) matou um homem de 35 anos, identificado como Marcelo Rocha Maciel. O acidente aconteceu quilômetro 23 da rodovia BR-267 entre Bataguassu e Distrito de Nova Porto XV.

    O condutor do carro de passeio, com placas de Campo Grande, seguia sentido Presidente Epitácio-SP, quando bateu na traseira da carreta que estava parada no mesmo sentido após problemas mecânicos.

    De acordo com o Da Hora Bataguassu, a carreta ficou com a parte da frente no acostamento e a traseira sobre a pista, pois segundo o motorista de 54 anos, os sistemas de freios travaram e o impediram de retirar totalmente da rodovia.
    Marcelo, que seguia sozinho, ficou preso às ferragens e morreu na hora ©Tiago Apolinário/Da Hora Bataguassu
    Com a força do impacto, Marcelo, que seguia sozinho, ficou preso às ferragens e morreu na hora, antes da chegada da equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Bataguassu.

    Ainda segundo o caminhoneiro, a batida ocorreu no momento em que ele comunicava a PRF (Polícia Rodoviária Federal) sobre o problema mecânico. O impacto mexeu a carreta e fez o veículo capotar e parar no acostamento da pista contrária.

    De acordo com a PRF, a suspeita é de que o condutor do Ford Ka estava em alta velocidade e não percebeu a carreta parada, não conseguindo evitar a colisão. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil de Bataguassu também estiveram no local.

    Fonte: campograndenews
    Por: Danielle Valentim



    Imprimir