Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    03/10/2018

    TRÊS LAGOAS| Prefeito Ângelo Guerreiro acompanha entrega de autorizações para funcionamento do Laticínio de Arapuá

    São 46 associados envolvidos no projeto que, irá produzir e comercializar leite pasteurizado e iogurte, através dos criadores de vaca leiteira daquela região

    ©Divulgação
    O Distrito de Arapuá está prestes a comemorar a inauguração de um empreendimento que irá valorizar o produtor rural daquela região. A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA) entregou a Licença Operacional (L.O) e o selo do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para a Associação do Centro Rural de Arapuá, autorizando o funcionamento do laticínio local.

    Na tarde de terça-feira (02), o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, esteve reunido com o presidente da Associação, Vanderley Manuel Ferreira, e demais associados para entregar os documentos e ter conhecimento das necessidades do empreendimento.
    ©Divulgação
    Estiveram presentes o secretário da SEMEA, Toniel Fernandes, o coordenador geral de gestão de políticas públicas do agronegócio, Célio Lopes de Barros, a veterinária Andréa Santana e o estagiário Marlon Donegatti.

    O secretário reforçou o compromisso da SEMEA em apoiar o produtor rural da região de Três Lagoas e dar a devida atenção às necessidades. “Este documento é a chave que esta Associação precisava para abrir definitivamente a porta do empreendimento tão sonhado por vocês, associados. Por mais que seja um procedimento exigido por lei, reitero que a nossa secretaria está à disposição para prestar esclarecimentos e dar o suporte legal para auxiliar o produtor rural”, disse Toniel.

    Guerreiro parabenizou os associados e falou da importância do laticínio para a região. “Tenho acompanhado a luta de vocês para poder inaugurar este empreendimento. Digo que é um orgulho para mim e toda a equipe da SEMEA, participar da entrega destes documentos, porque estamos participando de um importante passo para o desenvolvimento do Distrito de Arapuá. O produtor de leite da região será uma das engrenagens dentro desse processo e, isso mostra que vocês estão no caminho certo”, ressaltou o prefeito.

    LATICÍNIO DE ARAPUÁ

    Com investimento de R$ 1 mi, por parte da Empresa Fibria, através do programa “Redes para o Desenvolvimento Sustentável” (ReDes), a Associação do Centro Rural de Arapuá iniciou o projeto do laticínio em 2013. O recurso custeou a reforma e ampliação do prédio, aquisição de maquinários e materiais para produção de leite pasteurizado e iogurte.

    De acordo com o presidente Vanderley, são 46 associados envolvidos no projeto, entre eles, criadores de vaca leiteira que forneceram o produto para a o laticínio. Ele acredita que, até o início de novembro, o Laticínio de Arapuá seja oficialmente inaugurado e inicie a produção, gerando, inicialmente, oportunidades de emprego direto. 
    ©Divulgação

    ASSECOM


    Imprimir