Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    12/09/2018

    Semana Nacional do Trânsito reúne ciclistas para assistir Elo Perdido - O Brasil que Pedala


    Pelo menos 150 ciclistas são esperados para a pedalada do dia 19 de setembro em prol da Senatran (Semana Nacional do Trânsito) que este ano deve levar os apaixonados por este estilo de vida ao Cinemark, no Shopping Campo Grande, onde haverá a exibição do documentário Elo Perdido - O Brasil que pedala, produzido e dirigido pela ativista Renata Falzoni.

    O evento é aberto a todos os que se interessam pela melhoria da mobilidade urbana e a saída está prevista para às 18h30 em frente à Praça do Rádio Clube, em Campo Grande com destino ao Shopping, que já prepara seu bicicletário para que todos possam assistir tranquilamente ao documentário e participar de um debate sobre o assunto com a produtora Renata, que vai falar sobre os benefícios para quem escolheu trocar os automotivos pela bicicleta. 

    A exibição do documentário terá início às 20h com entrada franca. O número de vagas é limitado e as inscrições poderão ser feitas por  meio deste link. Quem não puder participar da pedalada também pode se inscrever. Neste caso basta ir direto ao cinema.

    Durante 30 minutos, filme de Renata Falzoni mostra a realidade de um Brasil que pedala e resiste a um cenário de motorização e prioridade a carros e motos nas ruas. Da pequena Afuá (PA) às megalópoles São Paulo e Rio de Janeiro, a bicicleta é a escolha de milhares de brasileiros e "Elo Perdido" investiga os fatores que constroem a resiliência do ciclista brasileiro ao adotar um meio de transporte sustentável nas cidades.

    Para a palestrante Renata “a equipe buscou primar pela simplicidade, uma coisa análoga a bicicleta. Nesse filme buscamos ser minimalistas. Cada argumentação de um exemplo não se repete no outro, por mais que a gente saiba que a bicicleta tenha vários fatores em comum para todas aquelas cidades”, enfatizou.

    De acordo com a diretora de Educação no Trânsito do Detran-MS, Marlene Nogueira Rondon, o slogan que o Contran (Conselho Nacional do Trânsito) nos apresenta para esta Semana Nacional do Trânsito é "nós somos o trânsito". “A ideia é lembrar que o trânsito é feito de pessoas e não de máquinas. As formas de mobilidade ativa devem ser valorizadas no planejamento das cidades e cada um de nós deve refletir sobre como se desloca e como se relaciona com o outro nas ruas”, concluiu. Por isso, de acordo com ela, o Detran-MS promove este evento sobre valorização do uso da bicicleta, que é um veículo eficiente em vários aspectos, principalmente por seu motor ser o próprio ciclista, o seu coração.

    Para o diretor presidente do Detran-MS, Roberto Hashioka Soler, a Semana Nacional do Trânsito tem um forte significado no calendário geral. É o momento em que todos os órgãos voltam seus olhares para a questão do trânsito como todo. “Nossa preocupação é reduzir o número de acidentes e preservar vidas. Para isso a educação e a conscientização são momentos de suma importância”, enfatizou. “Esperamos que todos possam participar deste momento em que a bicicleta surge não apenas como alternativa de transporte, mas como um novo modelo de vida”, salientou o presidente. 

    O documentário e a pedalada devem acontecer de forma simultânea nas cidades do interior onde os índices de acidente envolvendo ciclistas têm preocupado o órgão: Coxim, Três Lagoas, Dourados, Amambai e Nova Andradina. Após a exibição do filme, autoridades do trânsito irão debater o tema.

    Realização

    Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) em parceria com o SINCOVEMS (Sindicato Profissional das Concessionárias de Veículos Automotores de Mato Grosso do Sul) e apoio do Shopping Campo Grande e do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada do Trânsito).

    Fonte: ASSECOM
    Por: Vivianne Nunes


    Imprimir