Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    16/09/2018

    Segunda siamesa separada em Goiânia é transferida para hospital na Bahia

    Ela ainda precisa passar por uma cirurgia no coração para corrigir malformação. A outra gêmea já tinha recebido alta e voltado para a cidade onde a família vive.

    Mãe retorna para a Bahia com as duas filhas siamesas nascidas em Goiânia ©Facebook/Reprodução
    A siamesa Débora de Menezes dos Santos, que nasceu em Goiânia e foi separada da irmã, Catarina, foi transferida para um hospital em Salvador, Bahia, na noite de sábado (15). A outra gêmea já tinha recebido alta e voltado para a cidade onde a família vive. A mãe das duas bebês também retornou e diz que o coração está cheio de alegria.

    Em nota, o Hospital Materno Infantil informou que a paciente foi transferida para uma “unidade referência em cardiologia pediátrica, em Salvador, acompanhada da mãe”.

    Débora está internada e passando por exames, segundo a mãe, Viviane de Menezes. Débora ainda precisa de uma cirurgia no coração devido a uma malformação.

    A irmã dela, Catarina, recebeu alta do HMI na sexta-feira (14) e voltou no mesmo dia para a Bahia com a avó.

    Débora e Catarina de Menezes dos Santos nasceram no dia 22 de agosto unidas pelo tórax e abdômen. Elas compartilhavam o fígado. No dia seguinte, elas precisaram passar pela cirurgia de separação em caráter de emergência. Desde então, elas se recuperavam na UTI.

    A mãe das gêmeas, Viviane Menezes, afirmou em um vídeo divulgado em rede social que está aliviada.

    “Só o fato da cirurgia ter sido um sucesso foi uma vitória. Hoje ela [Catarina] está de alta, está bem. É uma alegria muito grande, está indo pra Salvador para os braços do papai dela”, disse na gravação feita antes da transferência da outra filha.
    Siamesas nasceram unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando o fígado ©Arquivo pessoal

    Por Vitor Santana, G1 GO


    Imprimir