Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    13/09/2018

    Proposta por Dr. Paulo Siufi, Comenda do Mérito Farmacêutico é aprovada na ALMS

    A comenda será concedida a personalidades que tenham prestado relevantes serviços farmacêuticos em Mato Grosso do Sul

    ©Divulgação/ALMS
    A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade o projeto de resolução do deputado estadual Dr. Paulo Siufi (MDB) que institui a Comenda do Mérito Farmacêutico, em homenagem ao Dia Estadual do Farmacêutico, comemorado em 25 de setembro. O projeto, de número 27/2018, também foi assinado pelo presidente da Assembleia, deputado Junior Mochi. A homenagem será composta por medalha com o símbolo da Farmácia e diploma.

    Conforme Siufi, a comenda será concedida a personalidades integrantes de carreiras acadêmicas, professores, pesquisadores, técnicos, servidores, funcionários ou dirigentes, em atividade ou não, que tenham prestado relevantes serviços farmacêuticos em Mato Grosso do Sul. “Sempre valorizei essa profissão e instituí leis em benefício da categoria, tanto no município de Campo Grande, quando fui vereador, quanto para todo o Estado, agora como deputado”, declarou.

    Devido ao seu trabalho em defesa da classe, o deputado foi honrado com o título de médico-farmacêutico em maio do ano passado. “A função do farmacêutico é essencial para a promoção, proteção e recuperação da saúde, contribuindo de forma contundente para a melhoria das condições de vida da população, por isso, sei da importância desses profissionais para a manutenção da saúde da nossa gente”, afirmou o autor da matéria.

    Dentre as leis aprovadas e projetos apresentados pelo deputado Dr. Paulo Siufi, estão a implantação do Programa Farmácia de Distribuição de Medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde do Estado, a substituição dos farmacêuticos que se licenciarem da função nas UBSs para garantir a dispensação dos medicamentos à população e a regulamentação dos serviços de farmácia clínica em todo o Mato Grosso do Sul.

    As ações do parlamentar em favor dos profissionais de farmácia abrange outros aspectos. “Como presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, assinei convênio com o Conselho de Farmácia para que os projetos que envolvam a categoria sejam analisados por eles antes de tramitarem na Casa. Mas o meu maior compromisso é o piso salarial dos farmacêuticos. Não vou desistir de lutar por isso”, finalizou Siufi.

    Fonte: ASSECOM
    Por: Adriana Viana 


    Imprimir