Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/09/2018

    Juíza de Dourados será a quinta mulher no cargo de desembargadora do TJMS

    ©Divulgação
    Os desembargadores do Tribunal Pleno votaram, na sessão desta quarta-feira (26), concurso de promoção para o cargo de desembargador e, por unanimidade, a juíza Dileta Terezinha Souza Thomaz foi eleita para o cargo. Ela será a quinta mulher a ocupar o cargo desde a criação do Estado de Mato Grosso do Sul.

    Dileta atuava na 7ª Vara Cível de Dourados e assume a vaga destinada à magistratura, em consequência da aposentadoria do Des. Francisco Gerardo de Sousa, em agosto. Gaúcha de Catuípe, ela ingressou na magistratura sul-mato-grossense em junho de 1989, após aprovação no XI concurso de provas e títulos. Iniciou judicando na comarca de Anaurilândia.

    Em 1991, por remoção, passou a judicar em Deodápolis. Em outubro de 1994, foi promovida para Ponta Porã, comarca de segunda entrância. Uma nova promoção em junho de 2000 levou-a para a 6ª Vara Cível de Dourados. Por remoção, no ano seguinte, assumiu a 1ª Vara Criminal. Em agosto de 2011, por remoção, passou a judicar na 7ª Vara Cível de Dourados. Foi diretora do Foro e integrante de Turma Recursal.

    Questionada sobre os novos desafios que enfrentará, ela confessou estar muito feliz por alcançar o coroamento da carreira na magistratura e lembrou que atuou na área criminal por mais de 20 anos, não sendo exatamente questão de preocupação o fato de julgar nas Câmaras Criminais do TJMS. “Vou apenas me atualizar e retornar para a área”.

    O que se pode esperar da Desa. Dileta? De forma simples e rápida, ela respondeu: “O cumprimento absoluto do dever de magistrada, da mesma forma que o fiz ao longo desses 30 anos. Pretendo continuar sendo proativa, atuante, responsável e íntegra”. 

    A posse da juíza na mais alta Corte de Justiça de MS será no dia 3 de outubro, às 14 horas, no plenário do Tribunal Pleno.

    ASSECOM


    Imprimir