Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    07/09/2018

    Coluna do Roberto Costa


    VIOLÊNCIA I – A tentativa de silenciar a voz do candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), esfaqueado no tórax na ultima quinta-feira (6), precisa ser investigada a fundo. 

    VIOLÊNCIA II – Tem um vídeo circulando na internet apontando a possível participação de uma mulher e um homem na consumação do ato criminoso contra o candidato Bolsonaro. 

    SOLIDÁRIOS – Todos os concorrentes ao cargo de presidente da República manifestaram apoio a Bolsonaro, assim como as presidentes do STF e TSE, presidente da Câmara Federa e o presidente Michel Temer. 

    SANGUE NOVO - A Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia estão sob nova direção Luiz Afonso de Freitas Gonçalves assumiu a Controladoria-Geral e Abrahão Malulei Neto, a Sedesc. 

    DOUBLE FACE I – Pesquisa recente do Ibope aponta que, se a eleição fosse realizada hoje, Jair Bolsonaro seria o virtual sucessor de Michel Temer no comando da presidência da República. 

    DOUBLE FACE II – Mas, se a disputa precisar ser decidida no segundo turno, Bolsonaro sairia derrotado caso tivesse que Ciro Gomes, Geraldo Alckmin ou Marina Silva... A vistoria seria consolidada contra Fernando Hadad, do PT. 

    EQUILIBRADA – Com ampla vantagem para o Senado, Nelsinho Trad, do PTB, acompanha a disputa ferrenha que está sendo travada pela segunda vaga entre Zeca do PT, Waldemir Moka (PMDB) e Sérgio Harfouche (PSC). 

    SEGUNDO TURNO – Tudo indica que a eleição para governador do Estado de Mato Grosso do Sul será decidida no segundo turno entre os candidatos Reinaldo Azambuja (PSDB) e Odilon de Oliveira (PDT). 

    NA DIANTEIRA – O deputado federal Fábio Trad, do PSD, deve ser o campeão de voto entre os participantes da disputa pelas oito vagas na Câmara Federal. Ele agrada todas as faixas etárias. 

    LEDO ENGANO – Quem apostava em renovação de 70% das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa agora acha que, se chegar a 50%, já terá sido uma vitória retumbante! Covenhamos: o eleitor é muito acomodado. 

    REFIS - A oportunidade oferecida pela Prefeitura de Campo Grande no Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) não pode ser desprezada pelo contribuinte: O desconto dos juros chega a 90%. 
    ARISTÓTELES – “Devemos nos comportar com os nossos amigos do mesmo modo que gostaríamos que eles se comportassem conosco.” 


    Imprimir