Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    16/08/2018

    Laudo aponta que bebê encontrado morto foi espancado e teve fígado rompido

    Exame revela que criança sofreu ainda trauma de tórax e costela

    Foto: Sidnei Bronka
    O bebê de 1 ano e 6 meses encontrado morto na manhã desta quinta-feira (16), em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, apresentava lesões compatíveis com espancamento. É o que aponta o laudo do médico legista responsável pelo exame necroscópico que mostrou que a criança sofreu trauma de tórax, na costela, e o rompimento do fígado. 

    De acordo com o laudo, as causas da morte foram choque hemorrágico, laceração hepática e trauma torácico abdominal, o que reforça a tese de espancamento apontada pelos investigadores.

    Segundo as primeiras informações, o pai teria saído para trabalhar e deixou a criança com a madrasta. Os dois foram levados à delegacia para prestar esclarecimento.

    Familiares disseram que a criança estava num colchão com a irmã quando começou a passar mal. A família percebeu a situação e viu que o menino estava engasgando.

    O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado, mas quando os socorristas chegaram, o bebê já estava morto.

    Fonte: Midiamax
    Por: Fernanda Müller


    Imprimir