Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    29/08/2018

    Congresso discute sobre Empreendedorismo em Saúde

    Evento será exclusivo para 150 pessoas (profissionais da Saúde, da Educação Física, da Nutrição, Fisioterapia e empreendedores)


    Mato Grosso do Sul enfrenta um dos piores cenários econômicos dos últimos 14 anos. No ano passado, 2.937 empresas fecharam as portas, segundo a Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems). O número é praticamente de 11 estabelecimentos fechados por dia. A crise econômica traz impactos diretos à vida e à saúde da população. De acordo com o observatório de Análise Política em Saúde (OAPS), aumentam as doenças crônicas, o comprometimento da saúde mental, o aumento do estresse e o abuso de álcool e outras drogas. Como evitá-las e suas consequências? E, aprender a transformar o vilão em oportunidades?

    As respostas serão discutidas, no próximo dia 1 de setembro, das 8h às 11h, no II Congresso Sul-mato-grossense Empreendedorismo Saúde e Negócios, no auditório do Novotel, na Avenida Mato Grosso, 5555, em Campo Grande.

    O idealizador do evento, coach e empresário Éder Wagner, constatou que na contramão das estatísticas de falências, algumas empresas surgiram no Estado na área do mercado da vida saudável e conquistaram bons resultados. “Eu sou um empreendedor com o Instituto Emagrecimento e Alta Performance e vou compartilhar: o segredo é a mente de sucesso. Precisamos programar o nosso cérebro para empreender”, comentou o coach Éder Wagner. 

    Para ele, ainda há muito espaço no empreendedorismo para atender quem deseja uma vida saudável e o congresso poderá apresentar as opções e as ferramentas. “Dados recentes da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, mostram que mais da metade da população de Campo Grande encontra-se acima do peso”, justificou.

    As amigas farmacêuticas, Katira de Carli e Livia Del Cianpo, também tiveram olhares parecidos com o do coach Éder para o nicho de pessoas em busca de saúde. Há 4 anos, as duas tomaram a iniciativa de empreender, nasceu a Grão e Grão e, hoje, são referências no assunto. “Durante o congresso, elas vão dividir a experiência e as dificuldades para vencer os obstáculos dos negócios”, explicou o organizador do evento.

    Atento também a evolução de pessoas interessadas em prevenção, o diretor de marketing da Farmácia Lunia, Ygor Arinos, vai ministrar palestra sobre a longevidade que se tornou um novo mercado na saúde.

    Orientações para empresários

    Durante o congresso, o palestrante Magno Ayala vai informar como evitar a falência: “Sete maneiras de como não quebrar a sua empresa”.

    E o diretor da Agência Benchmark, empresa especializada em campanhas de vendas por marketing digital, Jonatas Ribeiro, dará dicas de como captar novos clientes com uso da internet.

    O II Congresso Empreendedorismo, Negócios e Saúde será exclusivo para 150 pessoas, garanta a sua inscrição: goo.gl/JTJKd4.

    ASSECOM


    Imprimir