Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    12/07/2018

    Exposul 2018: Sistema Famasul e Senar/MS participam de abertura oficial

    ©Divulgação
    “Há 26 anos, Chapadão do Sul sedia uma exposição que é sinônimo de conhecimento e tecnologia. Isso é resultado do empenho da diretoria do sindicato rural que organiza um encontro de inovações com essas proporções”. A afirmação foi do vice-presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Nilton Pickler, na cerimônia de abertura da Exposul – Exposição Agropecuária e Industrial de Chapadão do Sul, que aconteceu nessa quarta-feira (11).

    O evento reuniu lideranças rurais e políticas de Mato Grosso do Sul no Parque de Exposições do município, localizado a 330 quilômetros de Campo Grande.

    Segundo o presidente do Sindicato Rural de Chapadão do Sul, Lauri Dalbosco, as parcerias contribuíram com a realização da feira. “A Famasul está sempre presente, tanto nas horas boas como nas ruins. É a instituição que nos ajuda ‘a tocar o barco’ e continuar produzindo, mantendo o potencial da região”, destacou.

    O superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, falou da importância do conhecimento no desenvolvimento da região. “A educação rural é uma das prioridades do Senar/MS. Confirmamos isso quando contabilizamos que, somente este ano, 150 pessoas participaram dos cursos gratuitos oferecidos pela instituição, aqui em Chapadão do Sul; o Agrinho está atendendo 3.500 alunos da rede pública de ensino; a assistência técnica e gerencial leva consultoria para 18 produtores rurais do município. Esses números confirmam a abertura de portas do sindicato rural, que entende a importância de capacitar”.

    Representando o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, o secretário adjunto de Meio Ambiente, Ricardo Senna, comentou a evolução da região. “Não tenho dúvidas que essa é uma das principais feiras agropecuárias do estado, que consolida o município como polo produtivo, um lugar que hoje está estruturado e em pleno desenvolvimento”, destaca.

    Para o prefeito, João Carlos Krug, que também já foi presidente do sindicato rural de Chapadão do Sul, o agro traz benefícios para toda a população. “O sindicato é uma instituição que defende os direitos dos produtores rurais, que busca melhorias para o setor produtivo e todos ganham com maior oferta de emprego, mais recursos, mais produtividade, entre outros”, comenta.

    Participaram do evento: os deputados estaduais Felipe Orro e Paulo Corrêa; o presidente da Câmara de Vereadores de Chapadão do Sul, Toninho Assunção; o diretor da Aprosoja/MS, Jorge Michelc; o vice-presidente do sindicato rural do município, Geraldo Loeff; e o presidente da Fundação Chapadão, Adriano Loeff.

    Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul 
    Por: Ellen Albuquerque


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS