Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    11/07/2018

    DEM quer vaga para Senado e vice para apoiar Reinaldo, diz Zauith

    A proposta é o ex-prefeito de Dourados disputar o parlamento e o deputado José Carlos Barbosa ser vice do governador

    Murilo Zauith, ex-prefeito de Dourados e atual presidente do DEM, em entrevista ©Marina Pacheco/Arquivo
    O DEM em Mato Grosso do Sul propôs ao PSDB indicar o candidato a uma das vagas para a disputa ao Senado e também quer um nome da legenda como vice na chapa encabeçada pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja. Essas seriam as condições para o Democratas fechar aliança com os tucanos, segundo afirmou nesta quarta-feira (dia 11) o presidente estadual, o ex-vice-governador e ex-prefeito de Dourados, Murilo Zauith.

    O partido é considerado por lideranças das demais legendas como a "noiva" no pleito eleitoral deste ano. Isso porque, em âmbito nacional, o DEM foi um dos que mais atraiu políticos por meio da janela partidária.

    Além do PSDB, o partido no Estado está também no radar do MDB e PDT, ambos também possuem candidatos ao governo estadual e que procuram alianças para compor a chapa.

    Segundo o ex-prefeito, a proposta aos tucanos é que ele fique com uma das duas vagas em disputa do Senado na chapa do PSDB e o deputado José Carlos Barbosa seja o candidato a vice de Reinaldo. Se a ideia não for aceita dentro da cúpula tucana, o Democratas vai avaliar qual será o 'plano b' para as eleições.

    Mais cedo, o deputado José Carlos Barbosa disse que havia consenso dentro do partido sobre o assunto. Ambos de Dourados, os nomes foram escolhidos porque a legenda considera importante ter lideranças da segunda maior cidade na chapa do PSDB.

    A reportagem tentou contato com o presidente dos tucanos em MS, deputado estadual Beto Pereira, além de outras lideranças, porém as ligações não foram atendidas.

    Fonte: campograndenews
    Por: Mayara Bueno e Leonardo Rocha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS