Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    04/07/2018

    CCR MSVia informa| Tempo seco no inverno aumenta incidência de queimadas na BR-163/MS

    ©Divulgação/Arquivo
    Devido ao clima mais seco e frio, o inverno aumenta o risco de queimadas às margens da rodovia. Nesses casos, a visibilidade fica prejudicada e os motoristas da BR-163/MS precisam redobrar a atenção.

    De acordo com Ademir Pereira, coordenador de Interação com o Cliente da CCR MSVia do trecho Centro da BR-163/MS, é a partir desta época do ano que as ocorrências atendidas pelas equipes do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) sobem, uma vez que a vegetação às margens da rodovia fica mais seca.

    “Sempre reforçamos algumas recomendações, como, por exemplo, em caso de fumaça na pista, atente para as seguintes recomendações: reduza a velocidade, feche os vidros do veículo, mantenha distância segura do veículo que segue à frente”, informa Pereira.

    Outros conselhos dados pelo coordenador são: nunca acione o pisca-alerta em movimento, pois os demais motoristas podem achar que seu veículo está parado; não estacione em locais de risco, procure parar em local seguro, longe da rodovia. O acostamento só deve ser usado em emergência.

    Por fim, ele pontua: “não jogue pontas de cigarro na rodovia. Além de poluir o meio ambiente e sujar a paisagem, as pontas de cigarro podem provocar incêndios”.

    Caso passe por um ponto de queimada na BR-163/MS, acione o Disque CCR MSVia pelo telefone 0800 648 0163. As ligações são gratuitas inclusive para celular. O serviço funciona 24 horas por dia.

    ASSECOM


    Imprimir