Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    09/07/2018

    BATAGUASSU| Para implementar museu histórico, Prefeitura Municipal faz campanha para arrecadação de peças

    ©Micael Nunes
    O município de Bataguassu está prestes a ter um museu histórico municipal, projeto que prossegue em andamento através de convênio com o Governo do Estado, por meio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC-MS) da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. Para obter peças que possam compor o acervo, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), por meio do Núcleo Municipal de Cultura, Centro Cultural de Bataguassu e Conselho Municipal de Políticas Culturais está iniciando uma campanha para arrecadação de objetos.

    De acordo com a secretária municipal de Educação e Cultura, Regina Duarte de Barros Dovale, o objetivo da ação é coletar peças que possam enriquecer o acervo já existente na “Sala de Memória” do Centro Cultural e que remetam a história de Bataguassu. “O museu deve servir a sociedade pelo viés da educação. Desta forma, queremos arrecadar peças que tenham representação da herança cultural de nosso município e região; e que mostre a vida do nosso povo e seus colonizadores, remetendo a preservação da história, valorizando a conservação, a preservação e a pesquisa, possibilitando um diálogo com as comunidades através das memórias da coletividade”, disse ela.

    Podem ser doadas, segundo a secretária, fotografias, acessórios de cozinha, câmeras fotográficas, filmadoras, objetos de decoração, eletrodomésticos de pequeno porte, ferramentas industriais e agrícolas; abajures, castiçais, luminárias, moedores, mobiliário, acessórios femininos e masculinos; relógios, gramofones, gravadores, rádios, toca-discos, vitrolas, telefones entre outras peças.

    Todos os itens recebidos, de acordo com ela, passarão por seleção da equipe técnica da instituição.

    A secretária observa que o doador receberá ainda um documento oficial registrando o repasse da peça ao museu, local em que o objeto será devidamente armazenado. Fotografias e documentos históricos, por sua vez, poderão ser digitalizados e devolvidos aos proprietários.

    Regina frisa que o museu ficará instalado no atual prédio da Semec, local onde anteriormente funcionava a antiga Escola Municipal “Marechal Rondon”. “O museu será um espaço voltado ao conhecimento e acima de tudo a preservação da história e cultura do município. O envolvimento da população é primordial para a nossa campanha para que assim possamos construir um espaço de memória”, concluiu.

    COMO PARTICIPAR

    Interessados em realizar doações de acervo devem ter acima de 18 anos e procurar a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) localizada na Rua Ribas do Rio Pardo, 376, centro, próximo ao Fórum. O atendimento será realizado durante o mês de julho de segunda a sexta-feira, das 14 às 16h30.

    ASSECOM


    Imprimir