Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/05/2018

    Hospital Cassems CG cria oportunidades para jovens em situação de risco

    O Hospital Cassems de Campo Grande lança projeto de inclusão social para dar oportunidades de emprego para jovens residentes em abrigos de adoção na capital. 

    ©Divulgação
    O Hospital Cassems de Campo Grande fará, na terça-feira, 29 de maio, às 9h30, no auditório, o lançamento do projeto Jovem Aprendiz. O projeto conta com a parceria do Tribunal de Justiça Mato Grosso do Sul, Tribunal de Contas do Estado, da Vara da Infância, Juventude e do Idoso de Campo Grande e Senac, e tem como objetivo oferecer uma perspectiva de futuro profissional para adolescentes e jovens entre 15 e 24 anos, que estão em processo de adoção ou que vivem em abrigos destinados a essa modalidade, na capital. 

    O projeto, de cunho social, contemplará 12 adolescentes, que farão um estágio de 15 meses no Hospital Cassems de Campo Grande, distribuídos nos setores administrativos da unidade hospital e receberão uma bolsa estágio no valor de R$ 500,00. Antes de iniciarem o período de estágio, os 12 adolescentes terão aulas, no Senac, sobre processos administrativos dentro de uma empresa. 

    Com a primeira fase do projeto em andamento, uma nova etapa para a inserção desses jovens no mercado de trabalho e na sociedade já está sendo discutida e viabilizada. “A nossa intenção é que esses jovens cursem uma faculdade e que, após ingressarem no curso superior que escolherem, eles iniciem uma nova fase dentro do projeto Jovem Aprendiz, passando a ser trainees aqui mesmo no nosso hospital”, ressalta a diretora técnica do Hospital Cassems de Campo Grande, a médica Priscilla Alexandrino. 

    Para o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, essa é uma parceria de grande valor para a sociedade. “Estamos dando oportunidade para adolescentes e jovens que por algum tempo não tinham perspectiva sequer de ter uma família que os orientasse nos caminhos corretos para o crescimento pessoal e profissional. O Jovem Aprendiz é um projeto que certamente irá despertar novos talentos e contribuir para o desenvolvimento desses jovens”, comemora Ayache. 

    ASSECOM


    Imprimir