Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/05/2018

    Consórcio descarta paralisação, mas mantém ônibus em escala de férias

    Falta de combustível em distribuidora leva empresas a retirarem 75 ônibus de circulação, incluindo os 32 articulados

    Medidas para economia de combustível retiraram 75 ônibus das ruas ©Divulgação
    O Consórcio Guaicurus vai continuar operando em Campo Grande na escala de férias escolas –marcada pela retirada do reforço de ônibus em horários de rush e dos veículos articulados. A medida foi tomada nesta segunda-feira (28), após reunião com técnicos da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), em meio ao desabastecimento de combustíveis, decorrente da paralisação dos caminhoneiros em protesto contra a política de reajustes de preços da Petrobras.

    A medida foi tomada porque a distribuidora responsável por fornecer combustíveis às empresas de ônibus da Capital não recebeu o produto. Com a escala reduzida, o consumo de diesel é menor.

    Em nota divulgada nesta tarde, a assessoria do Consórcio Guaicurus informou que a retirada do reforço de veículos nos horários de rush representam 20 ônibus a menos operando no sistema. Os 23 “fresquinhos”, que operam as linhas executivas, também não vão circular –uma vez que, graças ao ar-condicionado, consomem 30% a mais de combustível. As linhas serão atendidas por veículos convencionais.

    Os 32 veículos articulados seguem sem circular também por conta do consumo maior –eles usam o dobro de combustível dos veículos convencionais. Neste caso, porém, um eventual aumento de demanda poderá levar à revisão da decisão.

    Mantido – Em paralelo às medidas de economia de diesel, tanto as empresas de transporte coletivo como a Agetran seguem monitorando linhas de baixa demanda de passageiros, “podendo efetuar possíveis ajustes no número de carros”, destacou a nota.

    Na sexta-feira (25), o consórcio recebeu 20 mil litros de óleo diesel da distribuidora. No domingo (27), foram entregues outros 30 mil. Com isso, não há risco de paralisação no serviço até o final de semana –havendo expectativa de queda no número de passageiros em decorrência do feriadão de Corpus Christi, a partir de quinta-feira (31).

    Fonte: campograndenews
    por: Humberto Marques


    Imprimir