Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    26/03/2018

    TRÊS LAGOAS| Saúde tem final de semana movimentado em atenção às mulheres

    Houve programação especial nas unidades Santa Luzia, Santa Rita, Santo André, Interlagos, Vila Piloto e Jardim Atenas

    © Divulgação 
    A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio da Diretoria de Atenção Básica de Saúde, voltou a promover uma série de ações, voltadas especificamente à saúde da mulher, em várias unidades, na manhã e tarde de sábado (24) e na manhã de domingo (25).

    Na unidade de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde – EACS Santa Luzia, instalada em prédio da SMS no Residencial Novo Oeste; na unidade de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde – ESF Santa Rita; e na ESF Vila Piloto, houve atenção especial à saúde das mulheres, no período da manhã de sábado.
    © Divulgação 
    Também no sábado, no período da tarde, as mesmas ações de prevenção e orientação à saúde da mulher aconteceram nas unidades de ESF Santo André e na ESF Interlagos.

    ESF JARDIM ATENAS

    Na manhã de domingo, das 7h às 11h, foi a vez da equipe de ESF Jardim Atenas, coordenada pela enfermeira Danielle Batista da Silva, dedicar uma série de ações, previamente programadas, de atenção especial à saúde da mulher.

    Nesse período, logo nas primeiras horas, mais de 200 mulheres compareceram a esta Unidade de Saúde que recebeu denominação em homenagem ao saudoso bispo de Três Lagoas, Dom José Moreira Bastos Neto, e entregue à população, em 23 de janeiro deste ano, ou seja, há pouco mais de dois meses.
    © Divulgação 
    Junto com um café especial e variado e ações de promoção da autoestima das mulheres, como manicure, maquiagem, trato nas sobrancelhas, pedicure e até massagem especial com profissionais dessa área, as mulheres tiveram oportunidade de receber orientações sobre métodos contraceptivos saudáveis, testes rápidos de Aids e Sífilis, exame preventivo de mama e orientações de uma farmacêutica sobre uso adequado de medicamentos, entre outras ações.

    Todos os serviços foram organizados e distribuídos em quatro salas da unidade, previamente preparadas para essa finalidade, como, por exemplo, a sala de massagem, onde as mulheres foram atendidas por uma equipe de estagiários do Curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas AEMS, uma profissional massoterapeuta, um fisioterapeuta e o coordenador da Academia da Saúde (Jardim Maristela), educador físico Dênis Miranda.

    A secretária de Saúde de Três Lagoas, Angelina Zuque, esteve nesta unidade, acompanhando de perto o desempenho desta equipe de ESF, responsável pelo atendimento de uma população, estimada em mais de 7,5 mil moradores, residentes na área de abrangência dos bairros Jardim das Acácias, Jardim Atenas, Jardim Oiti e adjacências.

    “A equipe está de parabéns pela eficiência das ações e, principalmente, pela atenção que dá às pessoas, com respeito e dignidade”, resumiu Angelina, completando ainda que “esta é a unidade de Saúde mais nova, mas já estamos notando as mudanças e o contentamento das pessoas que têm procurado o atendimento”.

    “Esta é a primeira vez que venho aqui. Fiquei sabendo deste postinho por meio de um Agente de Saúde que visitou a minha casa. É muito bom ter uma Unidade de Saúde pertinho da casa da gente”, comentou a dona de casa, Jéssica dos Santos (27), residente em Três Lagoas há pouco mais de dois meses.

    Mãe de quatro crianças, uma de nove e as outras de sete, de quatro e de três anos, veio com o marido do estado de Mato Grosso, na busca “de uma vida com mais oportunidades em Três Lagoas”, contou Jéssica, aguardando na fila de atendimento da recepção para atualização de cadastro.

    “Quando precisava, ia no Paranapungá. É também a primeira vez que venho aqui, porque me avisaram que agora o nosso bairro também tem unidade de Saúde”, comentou Eliana Lopes de Oliveira Ribeiro (45), mãe de quatro filhos. “O mais novo já tem 13 anos”, disse com olhar de alegria e felicidade.

    “Fiquei sabendo que teria alguma coisa aqui para as mulheres, por meio da Agente de Saúde, que passou lá em casa e convidou para vir aqui”, contou Eliana.

    INSERÇÃO COM A COMUNIDADE

    O que mais chama a atenção e que os moradores do Jardim Atenas, Jardim das Acácias e Jardim Oiti mais estão comentando, é o trabalho da equipe de Agentes Comunitários de Saúde junto às famílias da área de abrangência desta unidade.

    “A participação na vida da comunidade, onde trabalhamos e moramos, é muito importante para criarmos laços de amizade e obtermos resultados positivos na função que desempenhamos”, comentou o Agente Comunitário de Saúde (ACS), Valdi Silva.

    “É bom demais a gente andar por aí no nosso trabalho e as pessoas reconhecerem a gente e chamarem pelo nome. Tudo fica mais fácil para aquilo que a gente faz”, observou Valdi, que acumula experiência de 17 anos de ACS.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS