Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    21/03/2018

    Programa de prevenção ‘Casal Grávido’ realiza a primeira edição em Dourados no próximo sábado

    O programa oferece palestras e aulas práticas com profissionais de todas as áreas relacionadas à saúde do bebê, como Pediatria, Anestesiologia, Obstetrícia, Enfermagem e acompanhamento nutricional.

    ©Messias Ferreira
    Criado pela Cassems em 2011, com o objetivo de prevenir os principais problemas que possam aparecer durante a gestação, o programa de prevenção “Casal Grávido” inicia no próximo sábado (24), a agenda de cursos em Dourados. O programa oferece palestras e aulas práticas com profissionais de todas as áreas relacionadas à saúde do bebê, como Pediatria, Anestesiologia, Obstetrícia, Enfermagem e acompanhamento nutricional. O primeiro “Casal Grávido” de Dourados acontece na Unidade Regional da Caixa dos Servidores do município, que fica na Avenida Mato Grosso, 1470. Em Campo Grande, o programa é realizado na Clínica da Família, que fica na Rua 25 de Dezembro, 1231, Centro. Os interessados em participar do “Casal Grávido” em Dourados devem ligar no (67) 3303-8350 ou (67) 3033-8383. Em Campo Grande, o telefone é (67)3309-5351.

    O “Casal Grávido” em Dourados vai seguir os moldes do da Capital e, a diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, destaca que o programa acompanha a gestante até o sexto mês de vida do bebê e busca tirar dúvidas do casal em todas as etapas da gestação.

    “O ‘Casal Grávido’ não é um evento único, pontual, pois a gente continua acompanhando a gestante durante os nove meses de gestação e nos seis meses de vida do bebê. A importância do programa é que ele possibilita um bom pré-natal e a escolha consciente de qual tipo de parto. Ele também orienta que o casal não vá para uma cesárea sem ter conhecimento do parto normal e que também não vá realizar um parto normal sem saber as etapas. Os profissionais que participam do curso explicam a importância de se cuidar pra chegar bem no momento do parto, porque a formação da família é um evento único e a preparação psicológica do casal para o recebimento do bebê é muito importante. O programa em Dourados vai seguir esse mesmo padrão de Campo Grande”, salienta a diretora.

    A anestesista Amani Mancini é uma das profissionais que palestram no curso. Segunda, ela o maior temor dos pais e mães de primeira viagem é a possível complicação após a anestesia.

    “A principal dúvida é sobre as complicações e a gente fala bastante de uma complicação chamada cefaleia pós-punção, que acontece dois dias depois da realização da raquianestesia. Ela pode ser uma cefaleia de intensidade de leve a moderada e de moderada a intensa. A gente explica quais são os tratamentos possíveis, clínico ou intervencionista. Mas ela é autolimitada e normalmente em três dias ela se resolve”, explica.

    De acordo com a enfermeira e doula Simone Albuquerque, o método adquirido pelos pais e mães é muito peculiar a cada casal. Para ela, o que importa é fazer o que é melhor para todos.

    “O segredo da amamentação é a paciência, porque o pós-parto é muito difícil. A dúvida maior deles é a alimentação e eu digo que o relógio deles é o bebê. Eu oriento, mas são os pais que devem encontrar um meio próprio de realizar os cuidados, porque cada pai e mãe, cada bebê tem a sua rotina. Então eles têm que fazer o que é melhor para eles e o bebê, fazer o que deixa eles mais seguros”, avalia.

    O casal Ricardo e Aline Cunha está curtindo a segunda gravidez. Quando esperavam o primeiro filho, os dois participaram do “Casal Grávido” e resolveram voltar para reciclar o que aprenderam na primeira vez. O pai salienta que cada gravidez tem suas peculiaridades, por isso decidiram participar novamente do curso.

    “A vida de pai é uma coisa que não tem explicação, porque a criança quando chega muda a nossa vida. Cada gravidez é diferente e a cada curso a gente acaba aprendendo mais e informação nunca é demais. Já se passou um ano e meio do nascimento da nossa primeira filha, então, vamos reaprender a cuidar do filho que está chegando”, conta.

    Já a mãe acredita que as informações recebidas no curso são bem valiosas porque engloba uma equipe multidisciplinar num mesmo dia. “Hoje nós relembramos alguns pontos que tínhamos esquecidos. É a minha segunda gravidez e o curso tira dúvidas que a gente não lembra quando vai ao médico e, durante o curso, por ter vários especialistas, a gente consegue sanar várias dúvidas”, afirma.

    Para o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, o principal objetivo do programa de prevenção é trazer tranquilidade aos pais nesse momento tão especial.

    “O curso tem a grande finalidade de proporcionar ao casal uma gravidez saudável, onde o casal se prepara para o nascimento de um filho que é o grande sonho do casal. Este curso tem uma abordagem multiprofissional e a finalidade é preparar o casal para uma gravidez tranquila e também que eles tenham um preparo melhor para a criação dessa criança porque os momentos iniciais do nascimento de um filho são momentos que promovem uma mudança muito grande na vida de todos os envolvidos”, pontua Ayache.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS