Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    14/03/2018

    Capital e outros 52 municípios estão em alerta de tempestade até sexta

    A chuva pode atingir até 50 milímetros com ventos intensos que chegam a 60 quilômetros por hora

    © Divulgação
    O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) colocou na tarde desta quarta-feira (14) Campo Grande e outros 52 municípios do Estado em alerta de tempestade. A chuva pode atingir até 50 milímetros com ventos intensos que chegam a 60 quilômetros por hora. E ainda há possibilidade de queda de granizo.

    Mesmo com o aviso, é baixo o risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos. O aviso começou às 11h de hoje e segue até às 9h de sexta-feira (16).

    Estão em alerta Alcinópolis, Anastácio, Antônio João, Aparecida Do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Camapuã, Caracol, Cassilândia, Chapadão Do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos Do Buriti, Douradina, Dourados, Figueirão, Guia Lopes Da Laguna, Inocência, Itaporã, Jaraguari e Jardim.

    Também estão em alerta, Ladário, Maracaju, Miranda, Nioaque, Nova Alvorada Do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Paraíso Das Águas, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas Do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde De Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita Do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel Do Oeste, Terenos, Três Lagoas e Água Clara.

    Previsão 

    Segundo o instituto, entre hoje à tarde e amanhã há potencial de tempestades intensas no Estado com pancadas de chuva de moderada a forte intensidade, trovoadas, rajadas de vento e possibilidade de queda de granizo em áreas isoladas especialmente no e sul/sudeste do Estado.

    Até domingo (18) as temperaturas permanecerão elevadas durante todo o período. O tempo estará mais instável no leste e sudeste do Estado, onde haverá maior variação de nebulosidade e as chuvas estarão mais potencializadas. As chuvas podem ocorrer entre tarde e início da noite.

    Fonte: campograndenews
    por: Guilherme Henri


    Imprimir