Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    12/03/2018

    ALCINÓPOLIS| Secretaria Municipal de Educação discute a Base Nacional no Dia "D" no município

    © Divulgação 
    No dia 06 de fevereiro os profissionais da Rede Municipal de Ensino de Alcinópolis participaram do Dia D de Discussão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O encontro aconteceu na Câmara Municipal, onde o documento foi debatido pela classe educadora. Profissionais da Escola Estadual Professora Romilda Costa Carneiro também realizaram o debate, no entanto, o mesmo foi ocorreu na sede da escola.

    Durante o Dia D, proposto pelo Ministério da Educação (MEC), a BNCC foi tema de encontros e debates em secretarias estaduais e municipais de educação, escolas, professores e conselhos. Entre as atividades previstas, aconteceram apresentações informativas e dinâmicas, visando o engajamento dos profissionais da educação no processo de implantação do currículo comum.

    Aprovada em dezembro de 2017, a BNCC é referência obrigatória para os currículos de educação infantil e ensino fundamental das escolas públicas e particulares no Brasil. O documento determina os conhecimentos essenciais que todos os alunos da Educação Básica têm o direito de aprender.
    © Divulgação 
    Segundo a Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Márcia Izabel de Souza, a BNCC elevará a qualidade do ensino em todo país, proporcionando o direcionamento para que possa haver equidade no ensino em todas as escolas. “Estamos em processo de reflexão coletiva para que todos os objetivos de aprendizagem sejam assegurados” disse a secretária.

    A Professora Lílian Flávia Müller, responsável pela BNCC no município, que também integra a Comissão Regional da BNCC do CRE4-Coxim, explicou ainda que a Base serve como referencia para a construção e adaptação dos currículos de todas as redes de ensino do país, não só português e matemática, ou história e geografia, por exemplo, mas inclusive elementos da diversidade local. “De agora em diante, realizaremos vários momentos de estudos com os docentes para implementação da BNCC e participaremos de ações para a elaboração do Referencial Curricular de Mato Grosso do Sul, traçando caminhos que nos levem a concretização deste documento tão importante”, explicou Lilian.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir