Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/02/2018

    Homem mata pitbull a golpes de facão na frente dos filhos pequenos

    Crime aconteceu por volta das 16h30 de ontem (18), na frente dos quatro filhos menores de 10 anos, na Rua Planalto.

    O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da Vila Piratininga (Foto: André Bittar)
    Em ataque de fúria, José Fernandes da Silva, 47 anos, matou o próprio cachorro pitbull a golpes de faca, por volta das 16h30 de ontem (18), na frente dos quatro filhos pequenos, na Rua Planalto, no Jardim TV Morena, em Campo Grande. O motivo da violência não foi informado. Maus-tratos a animais é crime ambiental. 

    Conforme boletim de ocorrência, Adriano Nogueira Bastos, 26 anos, contou que há meses vendeu o filhote para o vizinho e sempre o visitava, pois ainda tinha laços afetivos com o animal. No entanto, na tarde de ontem, quando foi até o local flagrou o autor agredindo a cadela com golpes de facão.

    Assustado com a situação, Adriano pediu para que o autor parasse com a agressão e ao ser ignorado entrou no quintal para socorrer o animal - acuado e indefeso - segundo relatos dele à polícia. Mas teve que sair do quintal sem o cachorro, porque foi ameaçado de morte por José.

    Na sequência, a Polícia Militar foi acionada. José fugiu. O animal foi encontrado no quintal da residência com vários ferimentos e hemorragia. A cadela foi socorrida para uma clínica veterinária, mas morreu no centro cirúrgico após sofrer a terceira parada cardiorrespiratória, por volta das 20h. 

    Na residência de José, foram encontrados mais dois cachorros, da raça border collie, que aparentavam sofrer maus-tratos como dificuldades de andar e infestação de caramujo na pelagem, de acordo registro policial. Amedrontados, os animais também tinham aparência anêmica. A mulher do autor que atendeu a equipe policial disse que o marido havia fugido e não retornaria para a casa.

    A agressão foi filmada por Adriano e as imagens devem ser entregues a polícia. O corpo do animal foi levado para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) para o descarte correto. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

    Fonte: campograndenews
    Por: Viviane Oliveira


    Imprimir