Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/02/2018

    COXIM| PT do município se mobiliza para criação de comitês populares em defesa da democracia e de Lula ser candidato

    © Edson Brandão
    A reunião aconteceu nesta quarta-feira (31), no salão de festa da SINTED de Coxim, na presença de mais de 150 pessoas, filiados e simpatizantes.

    Vários filiados e parceiros fizeram uso da palavra, para manifestarem seus descontentamentos com o Judiciário brasileiro, que condenou o ex-Presidente Lula sem provas.

    Os Vereadores Vladimir Ferreira e Abílio Vaneli, ambos do Partidos dos Trabalhadores, com o mesmo pensamento, pronunciaram de forma igual. Lembrando que 2017, foi marcado pela retomada da iniciativa política, por parte dos setores populares e democráticos do País, e o PT desempenhou importante papel neste processo. Voltando às ruas na defesa dos direitos dos trabalhadores e da soberania nacional, em conjunto com movimentos sociais e frentes políticas.

    As bancadas na Câmara e no Senado, sustentaram com firmeza o combate às medidas do governo golpista.

    Foi realizado com grande êxito, as caravanas ‘Lula Pelo Brasil’, que mobilizaram multidões nos Estados do Nordeste, em Minas Gerais, no Espírito Santo e no Rio de Janeiro.

    Chegando ao ano eleitoral de 2018, com a candidatura do Presidente Lula consolidada de tal forma, que não pertence mais ao PT, pertence ao povo brasileiro. Cabe a agora defender a candidatura, contra os ataques sistemáticos dos golpistas, que vão usar todos os meios para tentar impedir, que o povo manifeste sua vontade nas eleições. Foram as falas dos palestrantes.

    Segundo o vereador Abílio Vaneli (PT), Lula foi condenado sem provas, num processo em que sequer existe um crime, da mesma forma como ocorreu no golpe de impeachment, da presidenta legítima Dilma Rousseff. Por isso, os que promoveram o golpe, buscam impedir que a maior liderança popular do Brasil, possa novamente concorrer à Presidência da República. Eles não tem dúvidas, de que Lula é o único candidato da esquerda, em condições de vencer as eleições e desarticular as bases materiais e institucionais do golpismo, interrompendo o desmonte, revogando as medidas, defendendo a Constituinte, a soberania nacional, as transformações estruturais em benefício do povo. Uma política de desenvolvimento, que combine crescimento econômico com redução da desigualdade. Afirma vereador.

    O vereador Vladimir Ferreira (PT) disse ainda que: “Impedir que Lula participe das eleições, seria mais uma grave e radical afronta à democracia e à livre expressão da soberania popular. Reiteramos que eleição sem Lula é fraude. Para evita-la, é preciso que nosso Presidente, continue liderando as preferências populares. É preciso que avance a organização e a mobilização do povo, e que deixemos claro que a escalada do arbítrio, não apenas ampliará a crise e a instabilidade política, como também poderá resultar em rebeldia popular. Temos que construir os Comitês Populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato à Presidente. Esse é o Brasil que o povo quer”. Concluiu Vladimir.

    Fonte: IntegraçãoMS


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS