Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    03/02/2018

    Blitz detém motoristas que consumiam bebidas alcoólicas perto da UFMS

    Ação do BPtran, 6º CIPM e Guarda Municipal resultou em quatro flagrantes de embriaguez ao volante e notificações por recusa ao teste do bafômetro; acusados foram levados à Depac Piratininga.

    Região da Vila Ieda, na região da UFMS, é alvo constante de blitzes. (Foto: Divulgação/Arquivo)
    Blitz realizada por policiais militares e agentes da Guarda Municipal, focada no cumprimento da Lei Seca, resultou em quatro flagrantes de embriaguez no cruzamento das ruas Zeferino Vicente Almeida e Trindade, na Vila Ieda –nas imediações da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). A ação foi realizada entre a noite de sexta-feira (2) e a madrugada deste sábado (3).

    No local há vários bares e estabelecimentos similares, frequentados comumente por estudantes e alvos frequentes de queixas de vizinhos referentes a bloqueios de vias e de operações policiais visando a desobstrução das ruas. As ações da Polícia Militar se tornaram frequentes na região neste ano, devido ao histórico de incidentes, segundo apurado pela reportagem.

    A ação envolveu policiais do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) e 6º CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) e agentes da Guarda Municipal da Capital. O objetivo era garantir o cumprimento da Lei Seca, que veda a condução de veículos automotores por pessoas que apresentem sinais de embriaguez.

    Registros – Conforme das autoridades, foram feitos quatro flagrantes de embriaguez de motoristas que consumiram bebidas alcoólicas, confirmados por testes, e uma notificação administrativa –quando a quantidade de álcool é inferior a 0,34 miligramas por litro de ar alveolar. Também foram expedidas duas notificações de pessoas que se recusaram a se submeter ao teste do bafômetro.

    Dois boletins de ocorrência sobre a blitz foram registrados até as 10h30 deste sábado, nos quais os autores foram autuados por conduzir veículos automotores com capacidade psicomotora alterada devido a influência de álcool. Em um deles, dois motoristas foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga com índices apurados no bafômetro de de 0,69 mg e 0,71 mg.

    Na segunda ocorrência, foram flagrados condutores com 0,39 mg/l e 0,63 mg/l –uma motocicleta com documentação irregular foi recolhida ao pátio do Detran. Os condutores receberam voz de prisão e foram levados à Depac Piratininga.

    Fonte: campograndenews
    Por: Humberto Marques


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS