Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    25/01/2018

    TRÊS LAGOAS| Preservação de áreas verdes, da fauna e flora foi o carro chefe da SEMEA em 2017

    Atenção à limpeza, fauna e flora, proteção às Unidades de Conservação e plantio de árvores estão entre os principais trabalhos da Secretaria.

    © Divulgação
    Três Lagoas é reconhecida pela sua vasta diversidade de fauna e floras além de contar com grandes áreas alagadas como é o caso das três lagoas que dão nome a Cidade. Por isso, o ano 2017 foi marcado pelo intenso trabalho das equipes de limpeza, preservação, fiscalização e licenciamento ambiental a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), trabalho esse que vem garantido melhorias nas áreas verdes públicas, bem como ampliação do número de árvores plantadas na Cidade.

    Sob a coordenação do secretário da pasta, Celso Yamaguti, as equipes da SEMEA realizaram manutenções cotidianas em quase 555 mil metros quadrados de áreas verdes urbanas, sendo que deste número, 187 metros quadrados correspondem à Lagoa Maior, que é o principal cartão postal da Cidade e que recebeu o plantio de quase 500 mudas de árvores nativas e importadas por meio do Projeto Áreas Mais Verdes da própria Secretaria e também a instalação de 35 lixeiras de metal e outras 26 ecológicas.

    Conforme dados apresentados pela Secretaria, em 2017 foram executados, considerando as repetições do serviço na mesma área pública, aproximadamente três milhões de metros quadrados de roçada mecanizada e manual. Quase 425 mil metros quadrados de áreas não revitalizadas, ou seja, terrenos públicos que ainda não tem uma destinação final, foram devidamente mantidos limpos, algo que impede a proliferação de animais peçonhentos e doenças.

    UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

    As Unidades de Conservação (UC) também são atendidas pela SEMEA. Preservação, proteção e estudo são trabalhos realizados nas quatro unidades, sendo: Parque Natural Municipal do Pombo (Área: 8.032,66 hectares), Reserva Biológica das Capivaras (Área: 706.760,00m²), APA Jupiá (Área: 184 hectares, 2,818m2 e perímetro de 6752,15m) e a mais recente, o Monumento Natural das Lagoas (Área: 1.165.376,81 m2, com perímetro de 6443,87m). Esta última apesar de legalmente instituída, está em fase inicial de planejamento e implementação.

    ÁREA RURAL

    Moradores e pequenos agricultores da zona rural contam com a patrulha mecanizada, um serviço de fornecimento de máquinas e implementos agrícolas para gradeação aradora, gradeação niveladora (destorroar o solo), implantação e manutenção de canteiros (horta), implantação e reforma de pastagens. 

    As regiões atendidas são: o Distrito do Arapuá, Assentamento 20 de Março, Reassentamento da Piaba, Cinturão Verde e toda região de Três Lagoas. O serviço é realizado mediante a solicitação do produtor e o pagamento de taxa. No período, foram realizadas 183 horas de trabalho, atendendo 101 produtores. O ano de 2017 também marcou a inauguração da Central de Vendas da Agricultura Familiar de Três Lagoas, iniciativa possível por meio da parceria entre a Prefeitura e Sebrae.

    FISCALIZAÇÃO E LICENCIAMENTO

    A fiscalização também teve empenho máximo no ano passado. A equipe realizou ações de controle e vigilância para coibir atividades que prejudiquem o meio ambiente e atos abusivos sem autorização. Também foram emitidos licenciamentos e autorizações de atividades, conforme dados das tabelas abaixo.


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS