Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    30/01/2018

    RIBAS DO RIO PARDO| Município prepara “Dia de Campo” no dia 1º de março com foco na vocação agrícola para 2018

    O 1º Dia de Campo – A nova fronteira agrícola de MS é uma realização da Prefeitura Municipal com apoio da Fazenda Seriema e apoio da MS Integração

    Divulgação 
    O município de Ribas do Rio Pardo se tornou referência para investimentos na cadeia produtiva da floresta e da madeira em Mato Grosso do Sul, graças a pontos importantes como ter proximidade com a capital (Campo Grande), terras abundantes, solos e clima adequados e grande disponibilidade de florestas, vivendo inclusive a expectativa do acontecimento de uma fábrica de celulose branqueada, projeto de grande porte que chama a atenção do mundo na área de celulose e, que segue com empenho do responsável pelo projeto para que seja realidade e também das autoridades municipais.

    É preciso lembrar também que, o município que já foi chamado de "Capital do Gado", ainda é uma potencial na pecuária brasileira estando entre as 20 cidades com maior rebanho bovino do país, de acordo com dados atualizados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

    Divulgação 
    Mas, o que tem chamado a atenção de investidores é a vocação agrícola de Ribas do Rio Pardo que já tem em algumas propriedades, produção considerável de grãos como soja, milho e feijão. Atenta a essa produtividade, a Prefeitura Municipal vai organizar em 1º de março de 2018, o "Primeiro Dia de Campo" que terá como tema "A nova fronteira agrícola de Mato Grosso do Sul".

    De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Diógenes Marques, a atividade faz parte da política de diversificação econômica que defende o prefeito Paulo Tucura (PMDB). "Nós já temos aqui a pecuária muito forte com o terceiro rebanho do país. Nós temos aqui a floresta, muito forte, inclusive com eventos que aconteceram no mês de dezembro (2017) falando sobre a possível vinda de uma fábrica e nós estamos trabalhando ativamente nisso, de forma séria, nos bastidores, fazendo todo apoio ao empresariado. E nós temos já em nosso município, 12 mil hectares de soja. E com isso, o prefeito Paulo Tucura determinou que nós fossemos audaciosos e colocasse um número até 2020 para que essa expansão passe dos 25 mil hectares ,ou seja, a nossa missão é dobrar o número de hectares de soja para nosso município. Com isso fechamos para primeiro de março de 2018, o primeiro Dia de Campo parceria público/privada. Nós temos apoio do Grupo AF Agronegócio do senhor Albano e, na Fazenda Seriema nós realizaremos esse Dia de Campo com participação e apresentação da Fazenda Modelo que é também um exemplo de fazenda sustentável, já ganhou prêmios nacionais, como o da Revista Globo Rural, por exemplo", disse o secretário.

    Diógenes Marques destaca também que Ribas do Rio Pardo tem atualmente uma alta produtividade que bate em números em relação a soja (irrigada) municípios como Chapadão, São Gabriel D’oeste, entre outros. "Então Ribas, quando você fala na questão do milho e da soja, assusta algumas pessoas. Produção em Ribas de feijão, assusta algumas pessoas. Nós temos mais de 250 mil hectares aptos para agricultura e, agricultura é uma mola propulsora da economia nossa local pra geração de emprego, renda, aquecendo nosso comércio, bem como recuperação de áreas degradadas. Então nós temos um tripé: no agronegócio a floresta muito forte, o gado muito forte, rebanho muito forte e teremos muito em breve, já com projeto expansão para 2018, passando dos 15 mil hectares variedades de grãos", explicou o secretário.

    Para o prefeito Paulo Tucura, apesar do momento econômico cauteloso que passa o país, o município de Ribas do Rio Pardo não pode perder essas oportunidades, principalmente de mostrar para os investidores o potencial da produção que pode resultar em crescimento econômico impactando diretamente na vidas das pessoas. "Nosso município é grande, é forte e está apto a receber grandes empreendimentos e explorar novas matrizes econômicas. Não podemos ignorar esse potencial. Desde o começo de 2017 temos trabalho de forma árdua para ver o desenvolvimento acontecer e, tenho fé em Deus que 2018 será o ano de Ribas do Rio Pardo e vamos alavancar o agronegócio com olhar também para os investimentos de energia limpa e sustentável", disse o prefeito.

    O 1º Dia de Campo – A nova fronteira agrícola de MS é uma realização da Prefeitura Municipal com apoio da Fazenda Seriema e apoio da MS Integração que dará suporte na área de tecnologias que serão apresentadas. A Administração Municipal já tem confirmada a presença da Embrapa, Famasul, Governo do Estado , entre outros parceiros. A programação especial está sendo elaborada, bem como o lançamento do evento.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir