Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    31/01/2018

    Pesquisa coloca Lula em 1º e Bolsonaro em 2º lugar na corrida presidencial

    Disputa no 2º turno seria entre o ex-presidente e Jair Bolsonaro; o deputado federal fica em 1º se Lula não puder se candidatar.

    Lula e Bolsonaro em fotos tiradas por Ricardo Stuckert e Wilson Dias, da Agência Brasil, respectivamente.
    Se a eleição para presidente fosse nesta quarta-feira (31), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria até 37% dos votos e disputaria o segundo turno com Jair Bolsonaro (PSC).

    A primeira pesquisa Datafolha após a condenação do ex-presidente mostra o deputado federal em segundo lugar em todos os cenários com Lula na disputa e em primeiro se o petista não puder entrar no pleito. O resultado da consulta foi divulgado nesta quarta-feira (31) pela Folha de S. Paulo.

    O levantamento mostra que Lula mantém vantagem sobre os rivais, mas que os votos dele se pulverizam caso a candidatura do ex-presidente seja barrada por força da Lei da Ficha Limpa, uma vez que agora ele já tem condenação em 2ª instância.

    Bolsonaro, ainda conforme a pesquisa, aparece em primeiro lugar nos principais cenários sem Lula. O deputado federal seria capaz de conquistar até 18% dos votos, superando Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), João Doria (PSDB) e Luciano Huck (sem partido).

    Lula tem mais rejeição que Bolsonaro – 40% e 29%, respectivamente.

    Presidente – Mesmo tendo declarado não ser candidato à reeleição, Michel Temer (MDB) aparece em apenas um dos ensaios, com 1% dos votos. O presidente tem o maior percentual de eleitores que declararam não dariam seu voto a ele – 60% de rejeição.

    O Datafolha fez 2.826 entrevistas em 174 cidades brasileiras. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos e a pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), segundo a Folha.

    Por: Anahi Zurutuza


    Imprimir