Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    29/01/2018

    Lideranças de MS prestigiam cerimônia de posse do Sindicato Rural de Nova Alvorada do Sul

    Evento foi realizado nesse sábado na sede do Rotary Club

    © Divulgação
    O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, participou da cerimônia de posse do Sindicato Rural de Nova Alvorada do Sul, nesse sábado (26). Reeleita, Telma Menezes de Araújo presidirá a instituição por mais um triênio 2018/21. O evento contou com a presença de lideranças rurais e políticas do Estado.

    Em seu discurso, Saito destacou o trabalho desenvolvido por Telma. “Ela é um exemplo de vida e demonstra a importância do trabalho feminino no sistema sindical. Uma pessoa que se dedica, sem medir esforços, tanto ao setor como a Nova Alvorada do Sul. Tenho orgulho de trabalhar junto a você”, afirmou o presidente da Federação, emocionado.

    Além disso, Mauricio Saito enfatizou como o meio rural tem proporcionado o crescimento econômico e social do município. “Temos aqui 40 mil hectares de soja, 120 mil hectares de cana-de-açúcar, 30 mil hectares de milho e 180 mil hectares de pastagem destinada à bovinocultura, além da produção de aves e apicultura. O que prova que o produtor deste município tem aderido a novas tecnologias”.

    Sobre a atuação do Senar/MS e do sindicato rural, o presidente da Federação afirmou: “Tivemos nos três anos deste último mandato comandado por Telma mais de 2 mil pessoas capacitadas. Isso faz com que o município se desenvolva. Somado a isso, temos aqui, ainda, o programa Agrinho que atende no município cerca de 4 mil crianças”.
    © Divulgação
    A presidente do Sindicato Rural de Nova Alvorada, Telma Menezes de Araújo, afirmou que todo trabalho realizado é feito com dedicação e satisfação. “Não temos preguiça, é muito bom ver a melhoria de vida da nossa população. Nosso lema é trabalho”.

    A deputada federal Tereza Cristina Côrrea Dias reforçou como o setor produtivo eleva o desenvolvimento local. “O agro faz a diferença na geração de emprego. Isso é visto aqui em Nova Alvorada do Sul. Quando a cidade vai bem é porque o campo vai bem”.

    O sindicalismo rural foi destacado pela deputada: “A CNA, a Federação e os sindicatos formam a pirâmide de defesa do produtor rural. As representações são fundamentais na proteção ao agro brasileiro”.

    Representando a Câmara Municipal, o vereador Nélio Dias destacou a importância do Agro para o município. “Telma representa toda essa classe que contribui muito e potencializa economicamente nosso município”.

    O prefeito Arlei Silva Barbosa também falou de como o setor produtivo tem crescido em Nova Alvorada do Sul. “Hoje vemos o avanço da agricultura chegando a 40 mil hectares, sendo uma lavoura de qualidade. Além disso, observamos a pastagem e o plantio de cana-de-açúcar cada vez melhor”.

    Agrinho 

     Em Nova Alvorada, são 9 escolas atendidas pela maior iniciativa de responsabilidade social do Senar/MS, alcançando mais de 3,8 mil alunos. O ano de adesão foi 2015. Em 2017, o município foi destaque nas premiações do Concurso Agrinho, ganhando o 2º lugar, na categoria Redação (6º ano); obtendo duas premiações de 3º lugar na categoria Redação (8º e 9º ano). Além disso, também na categoria Redação, um aluno conseguiu a 4ª colocação.

    Participaram do evento, o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; o secretário estadual de Saúde, Carlos Coimbra; o presidente do MNP – Movimento Nacional dos Produtores, Rafael Gratão; o diretor técnico do Sistema Famasul, Renato Roscoe; o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Coimbra, o Comandante Pinheiro, os gerentes da Caixa Econômica Federal, Almir Flores; do Sicredi, Gelson dos Santos; e do Banco do Brasil, Luís Pereira.

    Representatividade Rural: Prestigiaram a cerimônia de posse, o presidente do Sindicato Rural de Bandeirantes, João Nelson Lyrio; de Ivinhema e Novo Horizonte do Sul, Edy Elaine Tarrafel; e de Douradina, Cláudio Pradella.

    Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul 
    Por: Ana Brito e Carla Gavilan


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS