Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    21/12/2017

    Lei do Deputado Dr. Paulo Siufi que proíbe o uso da linha em MS é sancionada

    © Divulgação
    O uso da linha chilena nas linhas de pipas está proibido no Estado de Mato Grosso do Sul. Isso porque foi sancionada hoje (21/12), a Lei nº 5.111/17, de autoria do Deputado Estadual Dr. Paulo Siufi.

    A lei que prevê a proibição da utilização da linha chilena e quaisquer outros materiais e artefatos cortantes nas linhas de pipas ou similares foi proposta pelo deputado devido aos vários casos de lesões e mortes causadas pelo uso do cerol e linha chilena, principalmente de motociclistas.

    “É inaceitável que as pessoas ainda utilizem a linha chilena e o cerol sabendo de casos envolvendo tais substâncias. Casos que envolvem lesões, mutilações e mortes, afirmando se tratar de uma brincadeira saudável”.

    A linha chilena é quatro vezes mais cortante que o alumínio. Sua fabricação contém a mistura de vidro moído, cola pó de quartzo, óxido de alumínio e outro solvente aplicados sobre as linhas de algodão.

    O descumprimento da lei implicará na apreensão integral do material e aplicação de multas. 

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS