Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/12/2017

    Deputado diz que governo vai tirar R$ 7 milhões da publicidade para a UEMS

    Deputados conversando sobre a emenda para a UEMS durante a sessão desta terça-feira (Foto: Victor Chileno/ALMS)
    Técnicos e representantes de funcionários da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) lotaram o plenário da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (19) temendo que deputados aprovassem a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2018 sem que o aumento dos recursos para a instituição fosse garantido.

    Inicialmente, o Governo de Mato Grosso do Sul previu repasse de R$ 194 milhões para a UEMS, mas depois de negociar com o reitor Fabio Edir, havia feito compromisso de aumenta o orçamento da universidade para R$ 214 milhões.

    Diante da mobilização, o vice-líder do governo na casa de leis, Beto Pereira (PSDB), foi até os representantes da UEMS para explica que compromisso feito pela administração estadual seria honrado por meio de emenda parlamentar.

    Os R$ 194 milhões previstos no início sairão dos recursos do tesouro e, segundo Beto Pereira, R$ 7 milhões deixarão de ser gastos em publicidade para que a universidade tenha orçamento mais largo em 2018.

    Fonte: campograndenews
    por: Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha


    Imprimir