Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/12/2017

    Cunhado de Ana Hickmann pode pegar até 20 anos de prisão por morte de sequestrador

    Gustavo Corrêa foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio doloso

    © Divulgação
    Julgado nesta segunda-feira (18), o cunhado de Ana Hickmann, Gustavo, pode pegar de seis a 20 anos de prisão pela morte de um fã da apresentadora, se depender do pedido do promotor de Justiça, Francisco Santiago. O empresário foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio doloso, quando há intenção de matar. O promotor defende que houve excesso de legítima defesa do acusado, ao tentar livrar a apresentadora da ameaça do fã, que a manteve sob a mira de uma arma em um hotel de Belo Horizonte, em maio de 2016.

    "Onde é que foram dados os tiros? Na nuca de alguém. Como eu posso entender legítima defesa com quem dá três tiros na nuca de alguém? (...) A legitima defesa exige que você tenha moderação na sua ação. A lei não diz que você pode matar. A lei diz que você pode se defender, mesmo que tenha que matar. A vítima estava dominada", disse Santigo, segundo informações do G1.

    Hickmann, por sua vez, postou um pedido de oração pelo familiar em sua rede social. "Senhor hoje minhas orações e todos os meus pedidos são para o meu irmão Gustavo. Proteja e cuida , de sabedoria e paz, mais uma vez de coragem e força ao meu cunhado, tire de perto dele todo o mal e que suas palavras mostrem a verdade que sempre foi. Amém @gutoghbc #gutoheroi", escreveu a esposa de Alexandre Corrêa, irmão do acusado.

    Fonte: Agências


    Imprimir