Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    13/12/2017

    BATAGUASSU| Município é o 1º do Estado e 30ª no Brasil em ranking de eficiência em gestão pública

    © Imagic 360 
    O município de Bataguassu aparece em primeiro lugar entre os municípios do Estado no ranking divulgado pelo Conselho Federal de Administração através do Índice de Governança Municipal (IGM-CFA).

    Desenvolvido para avaliar a gestão pública dos municípios brasileiros, o IGM-CFA é elaborado tendo como base as dimensões fiscais, de gestão e de desempenho do município. Dentro deste tripé, são analisados diferentes indicadores que influenciam no ranqueamento nacional de cada cidade avaliada. O ranking ajuda a identificar quais os municípios desenvolvem uma boa ou má gestão.

    Com base nos indicadores, Bataguassu aparece com 0.685 de pontuação, alcançando o primeiro lugar no Estado. Considerando o ranking nacional, por sua vez, o município está em 30º lugar. Entre os aspectos analisados, Bataguassu aparece em 0.567 em dimensão fiscal; 0.840 em gestão e 0.648 em desempenho.
    © Micael Nunes
    Para o prefeito do município, Pedro Arlei Caravina (PSDB) e presidente da Assomasul, o resultado apresentado mostra o compromisso e empenho da atual administração em desenvolver ações em prol da população. “Este índice mostra mais uma vez que a administração pública está no caminho certo, trabalhando de forma séria, dentro da legalidade e com respeito ao dinheiro ao público. Iniciamos em 2013 ainda no primeiro mandato, um jeito de governar, onde o planejamento estratégico tem sido fundamental para conseguir cumprir com os compromissos feitos à população e também com vistas a realizar investimentos potencializando o desenvolvimento local”, frisou o prefeito.


    TRANSPARÊNCIA PÚBLICA

    Em outro ranking divulgado esta semana pela Rede de Controle de Gestão Pública de Mato Grosso do Sul acompanhado pelo Ministério Público Federal (MPF), Bataguassu está em 5º lugar em transparência pública entre os municípios do Estado, obtendo nota de 9.50. 

    Os dados apresentados foram coletados no site do município no mês de novembro deste ano e avaliaram os quesitos Transparência Ativa, Receitas e Despesas; Licitações e Contratos, Relatórios, Serviço de Informações ao Cidadão (SIC), Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão (e-SIC), Divulgação da Estrutura e Forma de Contrato e Boas práticas de transparência.


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS