Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    06/12/2017

    Algemado, Rogério 157 e policiais tiram selfies sorridentes após prisão

    Imagens foram compartilhadas em redes sociais e mostram agentes felizes. Em uma delas, o próprio traficante aparece sorrindo.

    Algemado e sorridente, Rogério 157 posa para selfie com policial (Foto: Redes sociais)
    Imagens de policiais sorridentes ao lado de Rogério 157, instantes após sua prisão, foram viralizadas nas redes sociais nesta quarta-feira (6). Nas fotos, eles aparecem posando para a fotografia ou até mesmo tirando selfies. Em uma delas, o próprio traficante aparece algemado e sorrindo.

    Na Cidade da Polícia, onde o caso era registrado, alguns agentes já tinham conhecimento do alcance tomado pelas imagens e criticaram. "Tem gente muito trouxa. Tirar foto com bandido? Parece até que não conhecem o código penal", disse um policial que não quis se identificar.

    Prisão de Rogério 157

    Um dos chefes do tráfico da Rocinha, Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, foi preso nesta quarta-feira (6) de manhã no Arará, Zona Norte.

    Ele foi capturado por dois policiais, um da 12ª (Copabana) e outro da 13ª (Ipanema). Segundo os agentes, ele não resistiu à prisão, que ocorreu na laje de uma casa. Ainda de acordo com a polícia, havia seguranças com Rogério quando ele foi localizado, mas os comparsas fugiram com a chegada da equipe. O traficante foi encontrado na casa de uma mulher na comunidade.

    Nos últimos meses, depois da guerra na Rocinha, o traficante estava rondando as favelas do Comando Vermelho, sem permanecer muito tempo em nenhuma comunidade.

    Segundo o Disque Denúncia, desde o início do ano foram recebidas 434 denúncias contendo informações sobre o traficante Rogério 157 durante operação que ocorre nas imediações da comunidade da Mangueira.
    Agentes são fotografados ao lado de criminoso (Foto: Redes sociais)
    Agentes tiraram fotos com Rogério 157 após prisão (Foto: Redes sociais)

    Armada de fuzil, policial posa ao lado de Rogério 157 (Foto: Redes sociais)

    Por G1 Rio


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS