Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    27/11/2017

    Vacinação Antigripe 2018: Agendamento deste ano é feito pelo Portal do Beneficiário

    A dose custa 60 reais e a reserva deve ser feita até o dia 15 de dezembro


    A Campanha Antigripe 2018 já está em andamento e a reserva da dose já está disponível aos beneficiários Cassems pelo Portal do Beneficiário (beneficiário.cassems.com.br), até o dia 15 de dezembro. O valor de cada dose é de R$ 60,00 e apenas o titular do plano poderá garantir a sua dose e do seu grupo familiar. Para mais informações, o beneficiário deve ligar na Central de Atendimento (67) 3314-1010.

    A Caixa dos Servidores realiza a Campanha de Vacinação aos servidores públicos e seus familiares, pelo sexto ano consecutivo. O objetivo da Campanha é reduzir as internações decorrentes das infecções causadas pelo vírus influenza. O Sistema Único de Saúde (SUS) distribui a vacina apenas para os considerados grupos de risco: crianças menores de dois anos, gestantes e idosos acima de 60 anos. Dessa forma, uma grande parcela da população fica vulnerável ao vírus e suas consequências no período de inverno.

    A vacina oferecida pela Cassems protege contra os diversos subtipos do vírus da H1N1 e, na Caixa dos Servidores, pode ser tomada a partir dos três anos de idade. É importante saber que os subtipos do vírus podem variar de um ano para o outro. Devido a essa mutação dos vírus, a composição e a produção da vacina também mudam a cada ano. Por essa razão, é necessário se vacinar anualmente contra a influenza. Principais sintomas da gripe: febre alta e calafrios, dor de garganta, tosse, dor de cabeça, nariz entupido e dores no corpo.

    A diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, explica que o agendamento é necessário porque a vacina tem sua composição alterada anualmente, devido aos novos vírus que entram em circulação, e os laboratórios atendem aos pedidos apenas no início de cada ano.

    “Trabalhamos conforme a solicitação e quem não reservar dificilmente será vacinado, pois não há estoques desses produtos. Os nossos beneficiários são, em sua maioria, servidores públicos que circulam em ambientes de trabalho com muitas pessoas e são expostos aos vírus da gripe. Com a vacinação, teremos a saúde preservada, sem intercorrências clínicas e, assim, diminuímos a taxa de morbimortalidade”, explica a diretora.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS