Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    24/11/2017

    Sindicato Rural de Maracaju inaugura Centro de Equoterapia

    O Programa de Responsabilidade Social do Senar/MS já atende pacientes em Jardim, Aparecida do Taboado e Rio Brilhante

    © Divulgação
    Após dois meses realizando atendimentos piloto, o Sindicato Rural de Maracaju inaugurou, oficialmente, nessa semana o Centro de Equoterapia. As atividades são desenvolvidas em parceria com o Senar/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Com esse já são quatro Centros de Equoterapia em Mato Grosso do Sul, assim como Jardim, Aparecida do Taboado e Rio Brilhante.

    “O sindicato rural é o gestor do centro e o Senar/MS entra com o apoio técnico, dando auxílio para capacitação dos profissionais que vão atuar com a prática, além de ofertar o material que cada praticante utiliza que são cela, silhão, manta e capacete”, explica o coordenador do programa, Raul Roa.

    Há oito anos, o Sindicato Rural de Maracaju vinha estruturando o projeto, e em 2017, o plano foi concretizado com a construção do picadeiro.

    “Sempre tivemos o sonho de pôr esse projeto para funcionar. Outros presidentes sempre apostaram nessa ideia, e estamos muito animados e satisfeitos com os resultados que estamos alcançando. A equoterapia reforça o compromisso da entidade como agente incentivador da Promoção Social e de transformação do ser humano”, aponta o presidente da entidade, Christiano Binz.

    A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo, dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou necessidades especiais.

    Três profissionais atuam no picadeiro: uma fisioterapeuta, uma psicóloga e um equitador. O projeto conta com dois cavalos adestrados e mansos que são fundamentais para o tratamento dos pacientes, diagnosticados com paralisia cerebral, síndromes de Down, West e Sotos, déficit de atenção e hiperatividade, atraso global do desenvolvimento neuropsicomotor, transtorno de ansiedade, dificuldades de aprendizagem e outras patologias.

    “Atualmente 25 crianças, jovens e adultos são beneficiados pela inciativa. A nossa expectativa é disponibilizar mais vagas e queremos chegar a 50 pacientes. É um projeto do sindicato rural e buscamos parcerias para manutenção das atividades”, explica a gerente do sindicato, Claudia Nogueira.

    Os atendimentos são gratuitos. O horário de funcionamento do Centro de Equoterapia é das 7 horas às 11 horas e das 13 horas às 17 horas. Mais informações pelo telefone: (67) 3454-2565.

    Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

    O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.

    Fonte: Assessoria de Comunicação Senar/MS 
    Por: Rodrigo Corrêa 


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS