Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/11/2017

    Servidores são credenciados para acompanhar votação da Previdência

    Apenas 192 pessoas sentadas poderão participar da sessão de hoje (28)

    Segurança foi reforçada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul © Álvaro Rezende
    O clima é de tensão em frente ao prédio da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, em que será votada a reforma da Previdência estadual. A segurança do local foi reforçada e os servidores estão sendo credenciados com pulseiras para entrar. Apenas 192 pessoas sentadas poderão participar da sessão.

    Do lado de fora, os manifestantes gritam palavras de ordem como “fora, Azambuja”, em referência ao governador do Estado.

    Placas com a imagem dos deputados foram colocadas do lado de fora. A intenção é “marcar” o voto de cada um deles.

    RECLAMAÇÃO

    Os servidores acampados no local para protestar contra o projeto de reforma da Previdência estadual reclamam que os policiais militares responsáveis pela segurança do local estão portando armas letais.

    A observação foi feita por policiais civis, que pediram para não ter a identidade divulgada, com base em protocolo para esse tipo de situação. Segundo eles, existe um consenso para não utilização de armas letais em manifestações.



    Fonte: CE
    Por: MARESSA MENDONÇA, IZABELA JORNADA E NATALIA YAHN


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS