Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 10 de novembro de 2017

    Coluna do Roberto Costa


    COM GÁS I – Sob o comando de Pedro Parente a Petrobras está sendo saneada financeiramente, depois de ter sido tomada de assalto por quadrilheiros políticos.

    COM GÁS II – As medidas colocadas em práticas são elogiáveis do ponto de vista econômico quando se olha para o caixa da empresa. Sua credibilidade está sendo gradativamente recuperada.

    COM GÁS III – Quando olhamos para a parte mais fraca, o consumidor, aí a coisa não é nada agradável! Reajustes sucessivos do gás de cozinha e da gasolina jogam os preços dos alimentos para cima.

    COMO GÁS IV – Sabendo que ‘somos todos iguais no abastecimento do carro e na compra de gás, não é difícil chegar à conclusão a parte que recebe salário mínimo é a que mais acaba pagando a conta’.

    ESCRAVIDÃO – Estou profundamente magoado com a Princesa Isabel. Explico: É que eu não sabia que ‘salário de escravo nos tempos atuais é superior a R$ 30 mil'.

    IMPOPULAR – O vice que virou presidente da República, Michel Temer, está entrando para a história política brasileira como “o mais impopular dos ocupantes do Palácio do Planalto”.

    NOVOS ARES – O Tribunal de Contas do Estado está se preparando para receber dois novos conselheiros: Márcio Monteiro e Flávio Kayatt, avalizados que foram pelo Governo e pela Assembleia.

    POLARIZADA I – Se não houver nenhum acidente de percurso, ou seja, o intrometimento do Ministério Público, a disputa pelo controle administrativo estadual será restrita a três nomes.

    POLARIZADA II – Os nomes que estão na boca do povo são: Andre Puccinelli, Odilon de Oliveira e Reinaldo Azambuja, ou seja: PMDB, PDT e PSDB. É certo que até o momento não tem nada definido.

    BRASÍLIA I – Em relação à representação sul-mato-grossense no Senado da República, os ventos estão soprando a favor do ex-prefeito Nelson Trad Filho (PDT) e José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT.

    BRASÍLIA II – Quanto à Câmara dos Deputados, se depender da vontade popular, a limpeza será geral. O retorno de pelo menos dois já será uma vitória e tanto pelo que andaram aprontando.
    O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer”. ALBERT EINSTEIN


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS