Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 9 de outubro de 2017

    TRÊS LAGOAS| Servidores da Saúde participam de capacitação em análise de prevenção de acidentes de trabalho

    Capacitação, ministrada por um técnico do CEREST de Piracicaba (SP), foi na Câmara Municipal, no período da manhã desta segunda-feira (9)

    © Divulgação
    A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do Setor de Vigilância em Saúde do Trabalhador da Diretoria de Vigilância e Saneamento, realizou “Capacitação em Análise de Prevenção de Acidentes de Trabalho, no período da manhã desta segunda-feira (9), no recinto do Plenário da Câmara Municipal.

    A capacitação, prevista no Plano de Ação (PA) do Setor de Vigilância em Saúde do Trabalhador, esteve a cargo do técnico e fiscal em Saúde do Trabalhador, Marcos Hister, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) de Piracicaba (SP).

    Na abertura da capacitação, a secretária de Saúde de Três Lagoas, Angelina Zuque, se fez representar pelo diretor de Assistência à Saúde, enfermeiro do trabalhador, Afrânio Augusto Alencar Azambuja, que ressaltou a importância da capacitação dos servidores no exercício de suas funções.
    © Divulgação
    “Todos sabem o quanto a secretária de Saúde incentiva a capacitação continuada dos servidores, para que possamos desempenhar melhor nossas funções e melhor atendermos à população”, observou Afrânio.

    A capacitação contou com a presença e participação da coordenadora do Setor de Vigilância em Saúde do Trabalhador, Maria Aparecida de Oliveira, e de representantes dos demais setores da Diretoria de Vigilância e Saneamento da SMS de Três Lagoas e da microrregião, que inclui também os municípios de Selvíria, Água Clara, Brasilândia, Bataguassu e Santa Rita do Pardo.

    “Com esta capacitação, aprendemos mais ainda como trabalhar na fiscalização de prevenção de acidentes que possam prejudicar a saúde do trabalhador”, resumiu Maria Aparecida.

    A capacitação nos “ensina como analisar situações do dia a dia do trabalhador no seu local de trabalho e como fiscalizar se os empresários e trabalhadores estão ou não de acordo com as normas de segurança para prevenirmos acidentes e valorizarmos sempre a saúde do trabalhador”, observou a coordenadora do Setor de Vigilância em Saúde do Trabalhador.

    Por isso, “as ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador deverão ser desenvolvidas por profissionais da Vigilância em Saúde, capacitados e aptos a intervir, se for necessário, em situações que apresentem fatores de risco ou agravos, visando sempre a prevenção e a promoção da saúde”, explicou Maria Aparecida.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS