Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 4 de outubro de 2017

    CHAPADÃO DO SUL 30 ANOS| Inaugurado Centro de Equoterapia no município

    © Divulgação
    Na manhã desta quarta-feira, 04, aconteceu a inauguração do Centro de Equoterapia Hilda Reuter. O evento, contou com a participação do prefeito de Chapadão do Sul, João Carlos Krug, que parabenizou a todos que de alguma forma contribuíram para a conquista da grandiosa estrutura e que fizeram parte para que isso fosse possível.

    “Essa é uma estrutura de excelente qualidade, poucas cidades no Brasil tem a felicidade de poder contar com um Centro de Equoterapia como este. Parabenizo ao diretor da Fazenda Campo Bom, Daniel Reuter, pelo cedência desta grandiosa estrutura. Também parabenizo toda diretoria da APAE de Chapadão do Sul, em nome da presidente Estela Barili Burgel pela dedicação desta importante instituição em nosso município”, finaliza o gestor municipal João Carlos Krug.
    © Divulgação
    As crianças com necessidades especiais físicas ou psíquicas, encontram na Fazenda Campo Bom, uma forma prazerosa de desenvolver sua força muscular, aperfeiçoar sua coordenação motora e seu equilíbrio, além de aumentar a autoconfiança e a autoestima. Esses benefícios são gerados pelo projeto Equoterapia, que atenderá num primeiro momento 20 crianças da rede municipal de ensino de Chapadão do Sul, 20 crianças da cidade de Chapadão do Céu e a APAE de Chapadão do Sul.

    A Prefeitura de Chapadão do Sul parabeniza este novo importante passo educacional e assistencial no município.
    © Divulgação

    Equoterapia

    Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais.

    É aplicada por intermédio de programas individualizados organizados de acordo com as necessidades e potencialidades do praticante, a finalidade do programa, os objetivos a serem alcançados, com duas ênfases: a primeira, com intenções especificamente terapêuticas, utilizando técnicas que visem, principalmente, à reabilitação física e/ou mental, a segunda, com fins educacionais e/ou sociais, com a aplicação de técnicas pedagógicas aliadas às terapêuticas, visando à integração ou reintegração sócio familiar.


    © Divulgação


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS