Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    29/09/2017

    TRÊS LAGOAS| Secretaria de Meio Ambiente utiliza Gesso Agrícola em áreas verdes do município

    O produto agrícola da maior resistência para as plantas durante a seca, além de permitir uma maior nutrição vegetal

    © Divulgação
    A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMEA), aproveitando o material disponível, aplicou gesso agrícola nas áreas verdes das praças municipais de Três Lagoas, já que a gessagem tem diversos benefícios para as plantas no que se trata de aumentar a produtividade de frutos, bem como deixa-las mais resistentes aos períodos de seca.

    Conforme o secretário da pasta, Celso Yamaguti, o gesso agrícola é um subproduto da indústria de produção de fertilizantes fosfatados obtido na fabricação do ácido fosfórico e, por isso, “traz diversos benefícios para a planta, como: fornece cálcio em profundidade, reduz a saturação de alumínio em subsuperfície, aprofunda e melhora a distribuição do sistema de raízes, o que deixa a árvore mais forte”, explica Yamaguti.

    Ainda segundo Celso, o gesso agrícola é um grande aliado das plantas, pois consegue penetrar com maior facilidade no perfil do solo, devido à alta solubilidade e ainda permite a melhoria na absorção de água e nutrientes, além da promoção de uma maior tolerância ao período de secas.
    © Divulgação
    Praças como a dos Bairros Vila Piloto, Acácias, Alvorada, Maristela, Vila Verde, Guanabara, além da Praça da Igreja Sagrado Coração de Jesus, mais conhecida como Igreja Matriz; Praça Senador Ramez, no centro da Cidade e a Pracinha de Santo Antônio já recebem esse suplemento agrícola.

    “No total, foi utilizado cerca de três mil quilos de gesso agrícola, que já tínhamos em estoque, para atender todos esses locais. Os benefícios, como já citamos, são os mais variados e permite que as árvores, principalmente, sejam mais resistentes a rajadas de ventos, já que as raízes tem mais força para se aprofundarem na terra”, finaliza Celso. 

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS