Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 2 de agosto de 2017

    PF cumpre em MS mandados contra fraude na importação de equipamentos

    Mandados são cumpridos em MS e 18 estados (Foto: Agência Brasil)
    Operação Equipos, da Polícia Federal, para desarticular organização criminosa que contrabandeava equipamentos médicos, cumpre mandados em Mato Grosso do Sul e outros 18 estados nesta quarta-feira (02). 

    Estão sendo cumpridos 62 mandados de busca e apreensão e 19 de condução coercitiva em 44 municípios de 19 Estados da Federação (SC, AL, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MS, MG, PA, PB, PR, PI, RJ, RS, RO, SP, SE), além de um interrogatório em Fort Myers, na Flórida, Estados Unidos, com o apoio de autoridades americanas. No total, 250 policiais estão atuando no cumprimento das medidas.

    A investigação iniciou a partir de uma apreensão de carga de equipamentos médicos na Aduana de Controle Integrado (ACI) em Dionísio Cerqueira (SC). Estima-se que, apenas em tributos diretos, a sonegação pode chegar a R$ 20 milhões. Na ocasião, foram apreendidos tomógrafos, mamógrafos e outros equipamentos de alto valor comercial, em uma carga avaliada em aproximadamente R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões os tributos sonegados. Na documentação constava descrição genérica da mercadoria e valor declarado de US$ 180 mil (apenas 10% do valor real).

    A PF investiga empresários e pessoas jurídicas do ramo de exportação e importação, revendedores, clínicas, hospitais, despachante aduaneiro, além de um doleiro responsável pelo repasse de recursos ilícitos ao grupo. Também é apontado como integrante do grupo um servidor da Receita Federal em Dionísio Cerqueira, que teria recebido dinheiro para facilitar a ação da quadrilha.

    A Justiça sequestrou nove veículos e 21 imóveis dos principais investigados.

    Os envolvidos serão indiciados por corrupção ativa e passiva, associação criminosa, contrabando, facilitação ao contrabando e falsidade ideológica. As penas, somadas, podem chegar a 23 anos de reclusão.

    Fonte: campograndenews
    por: Gabriel Maymone, com Agência Brasil


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS